Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

CAD1 O Inter já se prepara para o duelo contra o Paraná Clube, no encerramento do primeiro turno do Brasileirão

Atleta peruano chegou a ser apresentado à torcida colorada. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Terceiro colocado no Campeonato Brasileiro, o Inter já começou a projetar o seu próximo confronto, contra o lanterna Paraná Clube. A partida está marcada para as 11h deste domingo no estádio Beira-Rio, encerrando o primeiro turno, e pode levar o Colorado ao topo da tabela, conforme os resultados paralelos da décima-nona rodada.

Na tarde dessa quarta-feira, o grupo do Saci retomou as atividades no centro de treinamentos do Parque Gigante. Odair Hellmann comandou um treino técnico em campo reduzido com os jogadores que não iniciaram a partida contra o Fluminense no Rio de Janeiro. Já os titulares realizaram um treino físico na academia do clube.

Até o sábado, o Inter tem mais três trabalhos de preparação, todos com início às 9h30min. A única certeza para o duelo contra os paranaenses, por enquanto, é a ausência do zagueiro Víctor Cuesta, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Já a participação do recém-chegado atacante peruano Paolo Guerrero depende da regularização de seu contrato junto à CBF.

Guerrero

No final da manhã, Guerrero foi apresentado oficialmente como novo reforço colorado, com direito a uma recepção calorosa de quase 6 mil torcedores no Beira-Rio, muitos dos quais também o aguardaram no Aeroporto Internacional Salgado Filho.

Em seguida, ele concedeu a sua primeira entrevista coletiva no centro de imprensa do estádio e recebeu dos cartolas a carteirinha de sócio do Inter e a camisa vermelha número 79, em alusão ao tricampeonato conquistado pelo clube no Brasileirão em 1979.

“O Inter volta a pensar de acordo com a sua grandeza e tenho certeza que Guerrero será protagonista neste momento em que disputamos a ponta de cima da tabela”, frisou o presidente colorado Marcelo Medeiros. Já o atleta não escondeu a surpresa com o clima festivo: “Nunca tive uma recepção assim”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de CAD1

Um dos agrotóxicos mais populares do mundo é suspeito de causar câncer
Preso, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha reduziu 8 meses da sua pena com curso de mestre de obras e resenha de livros
Deixe seu comentário
Pode te interessar