Domingo, 28 de novembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Flávio Pereira Onyx Lorenzoni em Porto Alegre: “Em 2022, será 22”

Compartilhe esta notícia:

Presidente do PL, deputado Govani Cherini, entre Onyx e Rodrigo Lorenzoni: convite para ingresso no PL

Foto: Roberto Revoredo/Divulgação
Presidente do PL, deputado Govani Cherini, entre Onyx e Rodrigo Lorenzoni: convite para ingresso no PL . (Foto: Roberto Revoredo/Divulgação)

O Democratas do Rio Grande do Sul reuniu ontem no Hotel Deville, em Porto Alegre, um grupo estimado em 700 lideranças de todo o estado, para debater o futuro do grupo gaúcho, após a conturbada fusão do partido com o PSL, que resultou na UB, novo partido que recusa apoio à reeleição de Jair Bolsonaro.

A novidade foi a chegada ao encontro do presidente estadual do PL, deputado federal Giovani Cherini. Ao lado da esposa Adriane, Cherini pediu a palavra, e anunciou que estava ali em nome do presidente nacional do PL, autorizado convidar Onyx Lorenzoni e os Democratas gaúchos a ingressarem no partido.

Segundo Cherini, “estou autorizado pelo presidente Valdemar Costa Neto a oferecer ao amigo Onyx Lorenzoni, o numero 22 para sua candidatura ao governo do estado”. O dirigente do PL garantiu que “o PL não tem dono e todos serão bem recebidos, e aqui teremos espaços para todos que quiserem trilhar conosco a caminhada do amor e da liberdade, únicas formas de mudar o mundo”.

Onyx: “Em 2022, vamos de 22” 

Após o pronunciamento de várias lideranças, Onyx deixou claro que a sua presença no encontro partidário acontecia “na condição de deputado federal e membro do partido. O ministro ficou lá fora, aqui está o deputado federal e companheiro, que veio discutir alternativas para o futuro”. Ele recordou que já concorreu com o número 22, na sua trajetória politica iniciada no PL, e lembrou as derrotas e vitórias, e sua inabalável fé em Deus, para ao final causar um momento de emoção na plateia que o aplaudiu de pé, ao afirmar que “em 2022, vamos de 22” numa sinalização de que o convite de Cherini foi bem recebido.

Cherini: diálogo com Jair Bolsonaro

O presidente estadual do PL, deputado federal Giovani Cherini comentou com o colunista que “em Brasília o nosso presidente Valdemar Costa Neto vem mantendo um diálogo franco e permanente com o presidente Jair Bolsonaro. Tenho a convicção de que, pelo andar desse diálogo, teremos o presidente Bolsonaro ao nosso lado, no 22”

Novo partido: “uma pirâmide financeira”

O presidente do DEM, Rodrigo Lorenzoni, pediu prudência a todos, e determinou que toda a base do partido seja consultada sobre a proposta de ingresso no PL. Foi enfático ao admitir a total falta de sintonia dos Democratas gaúchos, com o novo partido, resultante da fusão com o PSL.

Como exemplo, além de ser anti-Bolsonaro, o estatuto do novo partido, a UB, segundo Rodrigo, “mais parece uma pirâmide financeira” e a perspectiva de apoiar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, afasta definitivamente o grupo gaúcho da nova sigla.

Atleta demitido por emitir opinião

Num país onde ter opinião pode dar cadeia,como já ocorre com políticos e jornalistas cumprindo prisão sem o devido processo legal,agora surgiu mais um caso. O jogador Maurício Souza, da seleção Brasileira de vôlei e também atleta do Minas Tênis Clube, foi em uma absurda polêmica depois de expressar sua opinião, de crítica ao novo Superman bissexual. Ontem, em meio a toda polêmica, o Minas Tênis Clube decidiu rescindir o contrato do atleta Maurício Souza, após decisão da diretoria do clube.

Jair Bolsonaro saúda os 2,5 milhões de empregos este ano

O presidente Jair Bolsonaro saudou ontem os dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo ministério do Trabalho, sob o comando do ministro Onyx Lorenzoni.

Segundo Bolsonaro, “mesmo com o fique em casa a economia a gente vê depois, o Brasil criou 2,5 milhões de empregos com carteira assinada de janeiro a setembro de 2021. Em setembro, o País abriu 314 mil postos de trabalho. É o 8º mês seguido na criação de empregos formais.”

Com o resultado de setembro, o Brasil chega a 41,9 milhões de pessoas com emprego formal.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Relatório paralelo pede indiciamento dos senadores Aziz, Renan e Randolfe
TSE descarta abuso do poder econômico da chapa Bolsonaro-Mourão
Deixe seu comentário
Pode te interessar