Sexta-feira, 24 de maio de 2024

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Bruno Laux Panorama Político

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul. O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Descredibilização orquestrada

O ato convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro para o dia 21 de abril, em Copacabana, deve focar na descredibilização da minuta golpista que está entre os pontos de acusação contra o ex-mandatário no STF. O pastor Silas Malafaia, integrante da organização do evento, afirma que o movimento deve provar que o texto é uma “fake news”.

Vaquinha de aliados

Aliados de Jair Bolsonaro devem organizar uma vaquinha para auxiliar financeiramente na realização do evento em Copacabana. A expectativa da organização do ato é de que ao menos 25 parlamentares contribuam com cotas de R$5 mil para o custeio estrutural da manifestação.

Veto aconselhado

O veto parcial do presidente Lula sobre o projeto de lei que restringe as saídas temporárias nos presídios teve significativa influência do ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski. O líder ministerial aconselhou o chefe do Executivo a manter a visita de presos do semiaberto a familiares, de modo a evitar que a decisão retrocedesse a uma lei da ditadura militar sobre direitos humanos.

Texto inconstitucional

A Procuradoria-Geral da República sugeriu ao STF que declare inconstitucional um conjunto de artigos do marco temporal das terras indígenas aprovado pelo Congresso. Paulo Gonet, chefe do órgão, afirma que o entendimento do Legislativo se submete “a exame mais rigoroso de compatibilidade com a Constituição”.

Programa adiado

O Ministério dos Portos e Aeroportos decidiu adiar novamente o lançamento do programa “Voa, Brasil”, previsto para esta semana. A nova alteração de data surge a partir da ausência do presidente Lula no país, em função de sua viagem à Colômbia.

Ataque duplo

O ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Kartz, aproveitou as repercussões das falas de Elon Musk sobre o STF para atacar o presidente Lula. O chanceler repostou uma publicação do dono da plataforma X sobre suposta censura no Brasil e afirmou que “quem deveria ser bloqueado ou censurado” é o presidente brasileiro.

Publicidade suspensa

O governo federal suspendeu novos contratos de publicidade na plataforma X em resposta às declarações de Elon Musk. A decisão surge a partir de uma norma publicada pela Secom da Presidência que sugere a suspensão de anúncios do governo em canais que promovam notícias falsas.

Presidência do STJ

O Superior Tribunal de Justiça agendou para o dia 23 de abril a eleição para escolher o novo presidente e vice-presidente da Corte para o biênio 2024-2026. Levando em consideração o critério de antiguidade, os cargos deverão ser ocupados, respectivamente, pelos ministros Herman Benjamin e Luis Felipe Salomão.

Governança respeitada

Adotando uma posição mais “mansa” em relação à Petrobras, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmou que não há disputa de poder entre ele e o líder da estatal, Jean Paul Prates. O líder ministerial, que tem reduzido significativamente as críticas ao atual chefe da petrolífera, destacou que o admira e respeita sua governança.

Carência de recursos

A Polícia Federal sinalizou ao Ministério da Justiça que poderá suspender serviços em função do contingenciamento de R$133 milhões do governo para a corporação. Entre as ações ameaçadas de interrupção, estão a emissão de passaportes, operações, investigação e contratos de manutenção de terceirizados.

Indústria de fertilizantes

Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que concede benefícios fiscais para a construção de um parque nacional da indústria de fertilizantes. A medida visa suprir a ampla demanda de insumos agrícolas no Brasil, que atualmente é o maior importador global de compostos do gênero.

Permanência na escola

O prefeito Sebastião Melo sancionou na última semana o projeto de lei que cria o Programa Municipal de Combate à Evasão Escolar no Ensino Público Fundamental. A iniciativa prevê a unificação de esforços entre os poderes públicos e a sociedade para estimular a permanência de jovens nas instituições de ensino.

Reforço no PS

A prefeitura de Porto Alegre anunciou na sexta-feira a nomeação de 36 novos servidores para o Hospital de Pronto Socorro da Capital. O incremento de efetivo busca assegurar o atendimento diário de mais de 300 pacientes na unidade hospitalar.

Governo digital

A Procempa firmou uma parceria com a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo e a Prefeitura de Aracaju (SE) para o avanço da inovação e desenvolvimento de soluções tecnológicas através do Smart Citie AI Hub. O convênio propõe a realização de esforços conjuntos para o desenvolvimento de ferramentas de Inteligência Artificial voltadas à consolidação de uma gestão pública digital.

Pesquisa de mobilidade

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana está na reta final da coleta de dados para a Pesquisa de Mobilidade em Porto Alegre. Os agentes do estudo seguem realizando blitz com motoristas e oitivas domiciliares de modo a nortear as políticas públicas da Capital destinadas ao setor.

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul.
O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Bruno Laux

Educar para ser humano
Aborto oriundo de estupro: a vida começa na concepção – recente resolução do Conselho Federal de Medicina
https://www.osul.com.br/panorama-politico-413/ Panorama Político 2024-04-14
Deixe seu comentário
Pode te interessar