Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Esporte Para cumprir o calendário, o Brasileirão 2020 não terá pausa no fim do ano

Compartilhe esta notícia:

O Brasileiro, cujo atual campeão é o Flamengo, voltará em 9 de agosto. (Foto: Reprodução/Instagram)

A projeção feita pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de ajuste no calendário nacional, considerando o início da Série A no dia 9 de agosto, reserva um cenário incomum para os clubes brasileiros: nada de folga no fim do ano.

Olhando para o mês de dezembro, a sequência de rodadas geraria algo parecido ao “Boxing Day”, da Inglaterra. O termo se refere ao feriado no qual são realizados jogos da Premier League: 26 de dezembro, um dia seguinte ao Natal.

A versão brasileira desse cenário não tem data exata sacramentada (pode ser 27), mas se dá pelo fato de os clubes já terem concedido férias aos jogadores no mês de abril. Para a conclusão do Brasileirão em meados de fevereiro de 2021, como prevê a Confederação Brasileira de Futebol, será preciso realizar a competição sem pausa ou recesso no fim do ano.

Para os jogadores, a sequência seria um desafio físico, já que as temporadas 2020 e 2021 não teriam pausa significativa entre elas. O verão brasileiro é um ingrediente a mais. A CBF vislumbra o ciclo de calendário até 2022, quando precisará encerrar os jogos na segunda quinzena de outubro, um mês antes da Copa do Mundo do Qatar.

Sobre o atarefado dezembro de 2020, a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf), ainda em março, chegou a negociar com os clubes uma pausa de 10 dias para as festas de fim de ano. Só que a prorrogação da paralisação por conta do coronavírus tira a margem que já era curta. O Brasileirão deveria começar em 2 de maio, por exemplo.

Para o calendário de 2020, a Confederação Brasileira de Futebol já abandonou a previsão de pausa para respeitar as datas Fifa. Ou seja, os clubes que cedem jogadores às seleções nacionais deverão ter problemas. Nessa matemática, a entidade precisa reservar as datas para a conclusão da Libertadores e da Sul-Americana.

Existe um esforço grande do presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, que tem se reunido com as autoridades sanitárias dos países. Ele tem nosso apoio para isso. O calendário contempla as datas que eles imaginam de retorno”, disse o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Companheiros de equipe quase brigam no intervalo de partida do Campeonato Inglês
Em processo final de recuperação, Rodrigo Dourado é alvo de consulta do futebol italiano
Deixe seu comentário
Pode te interessar