Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Polícia Polícia identifica dois homens responsáveis por atos de vandalismo em Porto Alegre e na Região Metropolitana

Compartilhe esta notícia:

As informações foram divulgadas em entrevista coletiva no Palácio da Polícia

Foto: Polícia Civil/Divulgação
As informações foram divulgadas em entrevista coletiva no Palácio da Polícia. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil informou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (16), que foram identificados os dois homens responsáveis por atos de vandalismo contra estabelecimentos comerciais, agências bancárias e relógios de rua em Porto Alegre, Viamão e Gravataí.

Os suspeitos são um homem de 35 anos, motorista do caminhão usado nos ataques, e um jovem de 21 anos, que teria realizado os disparos com uma arma de pressão contra os vidros dos estabelecimentos.

O motorista é funcionário de uma empresa de entregas de Gravataí. Já o mais jovem é filho do dono da empresa. Sessenta e quatro locais foram atingidos entre terça-feira (13) e quarta-feira (14), havendo 43 ocorrências registradas.

A identificação dos suspeitos foi realizada por meio de imagens de câmeras de segurança, que mostravam um mesmo caminhão branco passando em todos os locais. O jovem responsável pelos disparos relatou que os ataques foram feitos por diversão. Os dois indivíduos devem ser indiciados por dano ao patrimônio.

Segundo a Polícia Civil, estima-se que apenas em Porto Alegre o prejuízo causado pelos vândalos seja de pelo menos R$ 100 mil. Grande parte dos ataques na Capital ocorreu na Terceira Perimetral.

tags: polícia

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Porto Alegre amplia a vacinação contra o coronavírus para idosos a partir de 62 anos
Ministério Público gaúcho alerta prefeituras sobre golpe aplicado pelo WhatsApp
Deixe seu comentário
Pode te interessar