Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Polícia Polícia investiga morte de funcionária de shopping durante assalto em parada de ônibus na Zona Sul de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

A vítima foi baleada após sair do trabalho na avenida Chuí

Foto: Divulgação
Cristiane, de 20 anos, já havia sido assaltada antes na região. (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil gaúcha investiga a morte da comerciária Cristiane Costa dos Santos, 20 anos, vítima de latrocínio na avenida Chuí (bairro Cristal), Zona Sul de Porto Alegre, por volta das 19h30min de quinta-feira (23). Balconista em uma loja do Barrashopping Sul, ela foi baleada no tórax por assaltantes quando aguardava em uma parada o ônibus de volta para casa.

De acordo com testemunhas, a jovem teria ficado nervosa e se atrapalhado ao tentar retirar o celular da bolsa e entregá-lo a um trio de criminosos. Atingida por um disparo, morreu antes de receber socorro. Outras vítimas do roubo não se feriram. Ainda não foram identificados os autores do crime, que haviam descido de um carro para anunciar o assalto.

A investigação, a cargo da 20ª Delegacia de Polícia da capital gaúcha, busca imagens de câmeras da região e outras informações que possam levar aos envolvidos. Uma gravação divulgada na noite desta sexta-feira (24) mostra dois homens em fuga pela avenida, a pé, logo após o latrocínio.

Também apura se há relação entre o latrocínio e o roubo de um automóvel Ford Fiesta, nas proximidades – é possível que a gangue tenha cometido esse outro assalto para obter um meio com o qual se deslocar pela região.

O carro foi encontrado pela Brigada Militar (BM) horas depois, no bairro Vila Nova, também na Zona Sul. Um suspeito armado que tripulava o veículo também acabou preso, por receptação. Ainda não se sabe se há vínculo entre ele e os matadores da jovem.

Contratada desde março pela empresa, Cristiane costumava embarcar todas as noites em um coletivo até a sua casa, no bairro Tristeza (também na Zona Sul), onde residia com a mãe. Ela estava em seu primeiro emprego e, ao longo desses seis meses, já havia sofrido ao menos uma tentativa de roubo nas imediações. Conseguiu, porém, retornar para o shopping sem ser alcançada.

Sepultamento

O corpo da jovem foi sepultado pouco depois das 11h30 deste sábado no Cemitério Parque Jardim da Paz, na Zona Leste da Capital. Os familiares e amigos de Cristiane começaram a chegar para o velório por volta das 7h.

Em função das restrições da pandemia, apenas 15 pessoas por vez puderam entrar no salão nobre, onde ocorreu o velório.

Manifestações

A direção do Barrashopping Sul divulgou um comunicado, ressaltando que lamenta profundamente o caso envolvendo uma funcionária de estabelecimento localizado no centro de compras. Também frisou que, apesar de o crime não ter sido cometido em seu interior, vai colaborar no que for possível com a apuração do caso.

Também por meio de nota oficial, a BM garantiu que o 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ampliou o patrulhamento ostensivo e se reforçou com integrantes de outras unidades, incluindo o setor de Inteligência, para ajudar na elucidação do episódio e prisão dos assaltantes. Os roubos são frequentes na região.

Quem também se manifestou foi o prefeito Sebastião Melo. “Com revolta e profunda tristeza, recebo a notícia da morte de uma jovem de 20 anos, assassinada na Zona Sul da Capital. É inaceitável tamanha brutalidade. Seguiremos trabalhando para ter uma cidade mais segura. Minha solidariedade aos familiares”, escreveu nas redes sociais.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Polícia

Morre aos 79 anos o jornalista e escritor gaúcho José Antônio Severo
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões neste sábado
Deixe seu comentário
Pode te interessar