Sábado, 25 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Esporte Brasil joga mal, reage e empata com Paraguai por 2 a 2 nas Eliminatórias

Compartilhe esta notícia:

Time brasileiro escapou da derrota nos acréscimos em Assunção. (Foto: Mario Valdez/Reuters/Folha)

A Seleção Brasileira viveu uma noite de horrores nesta terça-feira (29) contra o Paraguai, em Assunção, em duelo da sexta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas. O time de Dunga chegou a estar perdendo por 2 a 0, mas reagiu e empatou por 2 a 2, no Defensores del Chaco. Agora, o Brasil ocupa o sexto lugar na tabela, com 9 pontos. Os paraguaios estão no sétimo posto, com 9 também.

O Uruguai é o novo líder (13 pontos), seguido por Equador (13), Argentina (11), Chile (10) e Colômbia (10). O Brasil volta a campo apenas no dia 2 de setembro contra o Equador, fora de casa.

O primeiro tempo já mostrou o que seria o duelo. Aos 3 minutos, Willian mandou uma bomba por cima com certo perigo. Mas foram os paraguaios que acertaram a trave aos 18min depois de cabeceio de Edgar Benítez. No rebote, Ortíz concluiu a bola na zaga brasileira.

Livre na área, Gómez soltou um foguete à queima-roupa na cara de Alisson. O goleiro colorado salvou a Seleção.

O Brasil só respondeu aos 28min, após cruzamento de Willian da direita. Ricardo Oliveira aproveitou e acertou a bola no travessão.

A coisa estava feia, e Miranda dominou a bola no braço dentro da área, mas o árbitro disse que foi no ombro e não marcou pênalti claro para os donos da casa.

O primeiro gol saiu aos 40min, após Edgar Benítez avançar nas costas de Daniel Alves, cruzar e Roque Santa Cruz deixar a bola passar para Lezcano fuzilar.

Segundo tempo

O Brasil voltou do intervalo com Hulk no lugar de Fernandinho, mas tomou o segundo gol logo aos 3 minutos. Benítez chutou de esquerda depois de jogada de Roque Santa Cruz, que envolveu os marcadores.

Aos 17min, Gil saltou e cabeceou para o gol, mas o juiz viu falta do jogador e anulou o tento corretamente.

A Seleção encontrou o primeiro gol aos 34min. Hulk mandou um balaço a gol, Villar deu rebote e Ricardo Oliveira chutou para descontar.

Nos acréscimos da partida, Daniel Alves empatou e salvou a equipe da derrota depois de passe de Willian. Que sufoco!

PARAGUAI 2

Villar; Da Silva, Aguilar, Gómez e Samudio; Ortíz (Jonathan Santana), Ortigoza, Derlis González e Edgar Benítez; Jorge Benítez (Roque Santa Cruz) e Lezcano (Iturbe). Técnico: Ramón Díaz.

BRASIL 2

Alisson; Daniel Alves, Gil, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Lucas Lima); Fernandinho (Hulk), Willian, Renato Augusto e Douglas Costa; Ricardo Oliveira (Jonas). Técnico: Dunga.

Local: Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai). Arbitragem: Wilmar Roldán, com Alexander Guzmán Bonilla e Cristian De la Cruz Achicanoy (trio da Colômbia). Cartões amarelos: Gómez, Samudio e Villar (PAR); Miranda (BRA). Gols: Lezcano (40min/1°T) e Edgar Benítez (3min/2°T); Ricardo Oliveira (34min/2°T) e Daniel Alves (47min/2°T).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Fabinho diz que reforços serão sombras para os jogadores do Inter
Piloto argentino sofre acidente incrível, mas escapa sem ferimentos graves
Deixe seu comentário
Pode te interessar