Domingo, 26 de maio de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Economia Presidente do Banco Central diz que a manutenção da incerteza pode levar a autarquia a reduzir cortes de juros

Compartilhe esta notícia:

Presidente do Banco Central diz que a incerteza é justamente a grande questão da próxima reunião do Copom

Foto: Pedro França/Agência Senado
Campos Neto chamou a atenção para a necessidade de realizar a transição energética para reduzir os impactos econômicos. (Foto: Pedro França/Agência Senado)

O presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, disse nesta quarta-feira (17) que uma manutenção do cenário de incerteza elevada pode significar uma redução do ritmo de afrouxamento monetário promovido pela autarquia na tentativa de controlar a inflação.

Em evento com investidores em Washington, nos Estados Unidos, Campos Neto apresentou uma espécie de guia sobre os próximos passos do Banco Central a depender da evolução do cenário.

“Poderia haver uma redução da incerteza, o que significa que seguiríamos o caminho usual. Poderíamos ter um sistema no qual a incerteza continua a ser muito alta e não muda significativamente, o que pode significar uma redução no passo”, afirmou.

“Poderíamos ter um cenário no qual a incerteza começa a afetar mais fortemente variáveis importantes, e aí precisaríamos falar sobre mudar o balanço de riscos. E poderíamos ter cenário no qual a incerteza na verdade se agrava, criando estresse global e, nesse caso, mudaríamos nosso cenário base”, prosseguiu.

O presidente do BC destacou que a maior parte das incertezas no atual cenário é global, mas também destacou riscos fiscais domésticos após afrouxamento da meta de resultado primário para 2025.

No evento, Campos Neto enfatizou que o BC não terá medo de fazer o que é preciso para alcançar suas metas, ainda que eventuais mudanças na orientação futura da autarquia possam gerar problema de credibilidade.

O encontro de Campos Neto com investidores na capital norte-americana seria fechado e sem transmissão, pela previsão inicial, mas depois o BC anunciou a abertura do evento.

A taxa Selic está atualmente em 10,75%, após seis cortes consecutivos de 0,50 ponto percentual pelo BC desde agosto do ano passado. A orientação futura do mais recente encontro do Copom (Comitê de Política Monetária) previa manutenção do ritmo de corte pelo menos em sua próxima reunião.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Suécia aprova polêmica lei para mudança de gênero
Ampliado horário de lazer na Orla do Guaíba, em Porto Alegre
https://www.osul.com.br/presidente-do-banco-central-diz-que-a-manutencao-da-incerteza-pode-levar-a-autarquia-a-reduzir-cortes-de-juros/ Presidente do Banco Central diz que a manutenção da incerteza pode levar a autarquia a reduzir cortes de juros 2024-04-17
Deixe seu comentário
Pode te interessar