Domingo, 05 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Cloudy

Porto Alegre Prorrogado por mais um mês o estado de calamidade pública em Porto Alegre, por causa da pandemia de coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Medida está em vigor desde o começo de abril. (Foto: Joel Vargas/PMPA)

O prefeito Nelson Marchezan Júnior assinou na tarde desta sexta-feira (29) o decreto nº 20.953, que prorroga por até 30 dias o estado de calamidade pública e as restrições decorrentes no município por causa da pandemia de coronavírus. A medida está em vigor desde o começo de abril. Além disso, ajusta regras para restaurantes, vestiários e captação audiovisual em teatros e centros culturais, dentre outros segmentos.

As normas formalizadas no texto se referem a aspectos como a ocupação de mesas de restaurantes e similares, que devem ser limitada a quatro pessoas ou mediante a disposição das cadeiras de forma intercalada. O distanciamento mínimo de 2 metros entre as mesas também deve ser observado.

O decreto também libera o uso de teatros e centros culturais exclusivamente para captação audiovisual, com entrada restrita a equipes técnicas e sem a presença de público. Quanto às práticas esportivas, piscinas e quadras esportivas de condomínios residenciais podem funcionar para treinamento individual ou pelos moradores de uma mesma residência, desde que a finalidade não seja o lazer.

Atletas profissionais contratados por clubes poderão utilizar as quadras esportivas para treinamento individual, assim como a prática de esportes individuais por associados dos clubes, desde que observado o distanciamento mínimo de 2 metros. O contato físico continua proibido.

Também está autorizada a utilização de piscinas para treinamento individual e os vestiários deverão seguir regras de higienização e distanciamento mínimo.

O decreto determina, ainda, que a Metroplan (Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional), a Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos e as administradoras dos terminais rodoviários, portuários e aeroportuários de passageiros em Porto Alegre informem à SMS (Secretaria Municipal de Saúde) o número de usuários diários.

Com isso, a ideia é colaborar no desenvolvimento de ações e medidas necessárias para a promoção e proteção da saúde pública e controle do novo coronavírus. As informações devem ser enviadas semanalmente para o órgão.

Conscientização

“Seguimos vigilantes ao que acontece em nossa cidade e acompanhando todos os dados disponíveis dos indicadores de evolução da pandemia na Capital”, ressaltou o prefeito Nelson Marchezan Júnior ao assinar o documento.

“Entendemos que o momento requer a manutenção das restrições atuais e o acompanhamento da ocupação dos leitos de UTI [Unidade de Tratamento Intensivo], principal referência na tomada de decisões. Contamos com a população para manter as medidas de higienização e evitar aglomerações”, finalizou.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Porto Alegre deve contar com quase 55 quilômetros de ciclovias nas próximas semanas
Ciclovias chegam aos 54 quilômetros em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar