Sábado, 04 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Economia Quase 332 mil vagas de trabalho com carteira assinada foram fechadas no Brasil em maio

Compartilhe esta notícia:

O País registrou em maio 703.921 contratações e 1.035.822 demissões

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O País registrou em maio 703.921 contratações e 1.035.822 demissões. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A economia brasileira fechou 331.901 vagas de trabalho com carteira assinada em maio, informou nesta segunda-feira (29) o Ministério da Economia.

Durante a pandemia de Covid-19, que engloba os meses de março, abril e maio, foram fechadas 1,487 milhão de vagas formais. O País registrou em maio 703.921 contratações e 1.035.822 demissões.

Segundo o Ministério da Economia, em maio do ano passado o saldo entre contratações e demissões havia ficado positivo, com geração de 32.140 postos de trabalho. Na comparação com maio de 2019, o número de contratações caiu 48% neste ano.

Entretanto, em relação a abril, quando a economia brasileira começou a sentir de maneira mais forte os efeitos da pandemia do novo coronavírus, houve um aumento de 14% nas contratações. Os números do ministério também apontam queda de 31,9% nas demissões em maio na comparação com abril deste ano.

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que os números de maio mostram uma reação do mercado de trabalho e que podem ser comemorados. “É bom que se repita que qualquer emprego perdido não pode ser tido como algo positivo. Trabalhamos diariamente para que não tenha nenhum emprego a menos. No entanto, temos que deixar claro esse fator que nos parece auspicioso, que nos dá esperança, que é a reação clara do mercado de trabalho nesse mês de maio em comparação com o mês de abril”, afirmou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Justiça determina reintegração de posse de condomínio invadido em Porto Alegre
Tribunal de Contas aponta irregularidades no recebimento do auxílio emergencial por servidores gaúchos
Deixe seu comentário
Pode te interessar