Quinta-feira, 27 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Fair

Geral Restaurante em Cartagena é eleito revelação gastronômica da América Latina

O restaurante Celele, que nasceu em dezembro de 2018, é comandado por Jaime Rodríguez e Sebastián Pinzón. (Foto: Divulgação)

O restaurante Celele, localizado em Cartagena, na Colômbia, foi eleito este ano ao Miele One To Watch pelo Latin America’s 50 Best Restaurants. O prêmio é entregue a um estabelecimento emergente com potencial para subir para o ranking dos Latin America’s 50 Best Restaurants nos próximos anos.

O Celele, que nasceu em dezembro de 2018, é comandado por Jaime Rodríguez e Sebastián Pinzón, que abordam produtos, técnicas e receitas do Caribe colombiano.

Para explorar a biodiversidade e os ingredientes do Caribe colombiano, eles embarcaram em inúmeras viagens por mercados e fornecedores locais, incluindo La Guajira, onde descobriram combinações não convencionais, como arroz seco com camarão e ensopado de cabra. Além disso, os chefs tocam o Proyecto Caribe Lab – um projeto para promover a biodiversidade da região e apoiar agricultores, famílias rurais, artesãos e microprodutores.

Rodríguez e Pinzón receberão o prêmio Miele One To Watch em nome de Celele durante a sétima cerimônia anual de entrega dos Latin America’s 50 Best Restaurants awards, em 10 de Outubro em Buenos Aires, Argentina.

O Miele One To Watch Award 2019 é o último dos três prêmios anunciados antes que a lista do Latin America’s 50 Best Restaurants, após Carolina Bazán, no Chile, como melhor chef feminina da América Latina 2019 e de Pedro Miguel Schiaffino, no Peru, como vencedor do American Express Icon Award 2019.

Celele entra para a lista que inclui: Manu em Curitiba, Brasil em 2018; restaurante Oro, do chef Felipe Bronze, no Rio de Janeiro, Brasil, em 2017; Alcalde em Guadalajara, México, em 2016; I Latina em Buenos Aires, Argentina, em 2015; Ambrosía em Santiago, Chile, em 2014; e Remanso do Bosque em Belém, Brasil, em 2013.

Melhor chef do mundo

O The Best Chef Awards foi revelado em Barcelona (Espanha) e reconheceu grandes nomes da cozinha mundial. O sueco Björn Frantzén, do restaurante que leva seu sobrenome, foi escolhido como o melhor chef do mundo em 2019.

Entre os 100 melhores, está o brasileiro Alex Atala ficou em 26º lugar. Em 2018, o chef do restaurante D.O.M. alcançou o 7º lugar e no ano anterior foi escolhido o 4º melhor do mundo.

Prêmio para mulheres é cancelado

Após duas edições, em que as chefs Chantel Dartnall e Emma Bengtsson foram escolhidas como as melhores chefs mulheres do mundo, a organização da premiação decidiu cancelar o Award Lady.

“Pensamos que é a seleção para o prêmio dos 100 melhores não deveria levar em conta critérios como gênero e etnia”, disse no site oficial.

No ranking dos 100 melhores chefs, a mulher melhor colocada foi a francesa Dominique Crenn, que comanda o Atelier Crenn, em San Francisco (EUA).

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Geral

Não considerando o cheque especial e o cartão de crédito, juros menores que a inflação entram em cena no Brasil
Warner Bros toma decisão polêmica sobre estreia do filme “O Coringa”
Deixe seu comentário
Pode te interessar