Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

Magazine Rose reafirma que formava família com Gugu: “Fomos muito felizes durante esses 20 anos”

Filhos acreditam que mãe está sendo influenciada por aproveitadores

Foto: Reprodução/Instagram
Filhos acreditam que mãe está sendo influenciada por aproveitadores Foto: guguliberato/Instagram

Em vídeo enviado ao “Fantástico” ( TV Globo), Rose Miriam Di Matteo reafirmou que Gugu — morto em novembro de 2019 — e ela formavam uma família. “Às pessoas que disserem que nós não éramos uma família, eu gostaria que entendessem que estão cometendo um grave erro. Nós fomos muito felizes durante esses 20 anos. Tivemos, claro, os nossos altos e baixos, como qualquer casal tem”.

Em outro trecho, a médica conta ter conhecido Gugu em 1983, namorado por um tempo com o apresentador e retomado a relação anos depois, em 2000. “Nós nos reencontramos para constituir uma família, filhos, pai, mãe, esposo, esposa, companheiro, companheira. Gugu sempre dizia: ‘Rose, quando chegar a high school [equivalente ao ensino médio] vamos para os Estados Unidos, vamos criar as crianças lá, nós vamos ser muito felizes’, relembrou.

De acordo com o advogado de Rose, Nelson Wilians, o documento assinado por Liberato e ela em 2011 foi feito durante uma separação momentânea do casal. Ele alegou, ainda, que o apresentador não desfez tanto o acordo quanto o testamento após a crise matrimonial por ter esquecido. Para ele, não há a menor dúvida que a médica e Gugu viviam em um união estável, o que é refutado pelos advogados da família Liberato, Carlos Regina e Dilermando Cigagna Júnior.

Pela primeira vez, os filhos de Gugu, se manifestaram sobre a polêmica envolvendo a herança deixada pelo pai. Por meio de advogados, João Augusto, 18, e as gêmeas Marina e Sofia, 15, afirmaram em nota que “em respeito a memória de seu pai e à vista das últimas declarações postadas na mídia pela defesa de sua mãe, esclarecem que não esperavam e não pactuam deste espetáculo que pretende transformar a mentira em verdade, para desvirtuar os legítimos desejos de seu pai e principalmente a realidade por todos eles vivenciada”.

Os adolescentes deixam claro que respeitam a mãe, mas entendem que ela deveria ser favorável e não contrária a eles. “Entendem, ainda, que a mãe foi envolvida em uma  teia, mas acreditam que mais cedo ou mais tarde ela deixará de ser influenciada por pessoas que querem dela se aproveitar, induzindo-a a negar os fatos, a se expor pessoalmente em situação vulnerável para impressionar desavisados”, diz trecho do comunicado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Magazine

Bárbara Evans sobre preenchimento facial: “Dói é ficar feia, meu amor”
Edição especial de carnaval do Brick de Desapegos
Deixe seu comentário
Pode te interessar