Terça-feira, 04 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

Brasil Rotina de Bolsonaro com coronavírus terá videoconferências e assinatura digital

Compartilhe esta notícia:

Segundo ele, resultado do novo exame deve sair nesta quarta. (Foto: Isac Nóbrega/PR)

A rotina de trabalho do presidente Jair Bolsonaro depois de ter contraído o novo coronavírus terá videoconferências e assinatura digital de atos normativos, para evitar o contato dele com outras pessoas. A agenda oficial do presidente desta terça-feira (7) já apontou dois compromissos em que ele se reuniria com ministros remotamente, do Palácio da Alvorada.

Das 15h às 15h30min, Bolsono teve audiência com o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. A outra foi com o titular da Secretaria Geral da Presidência, Jorge Oliveira, entre as 17h e 17h30min. Na noite de segunda-feira (6), antes de o resultado do exame ficar pronto, o encontro com Ramos constava na agenda como se fosse ocorrer no Palácio do Planalto.

Na tarde desta terça, a assessoria da Secretaria-Geral explicou como seria o despacho entre o ministro e o presidente. Oliveira mandará as propostas de atos normativos ou outras pautas a Bolsonaro por e-mail e os dois discutiriam posteriormente por videoconferência. “Concluído o despacho, os atos serão assinados por digitalmente, sem qualquer contato pessoal. Dessa forma, mantém-se a rotina normal de trabalho da Secretaria-Geral da Presidência da República”, informou a pasta.

O presidente informou que contraiu a Covid-19 em entrevista no Palácio da Alvorada. Ele realizou o teste após apresentar febre de 38 graus e mal-estar. Ele contou que os compromissos externos que estavam agendados para esta semana serão cancelados para evitar o “contágio em terceiros”. Entre eles estão uma viagem à Bahia, onde ele e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, iriam inaugurar obras na sexta-feira (10), e uma visita a Paracatu, em Minas Gerais, no sábado (11).

O resultado positivo do levou a cúpula do governo a fazer um novo exame para conferir se também estão infectados pelo coronavírus. Ministros que tiveram contato com o presidente na segunda-feira passaram por novas checagens nesta terça. Walter Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Jorge de Oliveira (Secretaria Geral da Presidência) fizeram testes rápidos pela manhã e, após terem resultado negativo, decidiram manter as agendas de atendimento em seus gabinetes no Planalto.

Cloroquina

Após conceder uma entrevista na qual anunciou testar positivo para o coronavírus nesta terça, o presidente Jair Bolsonaro postou um vídeo nas redes sociais onde aparece segurando um copo d’água e um comprimido de hidroxicloroquina.

“Eu tomei a hidroxicloroquina e estou me sentindo muito bem. Uma boa tarde a todos”, escreveu o chefe do Executivo na legenda. Bolsonaro então explica que está tomando a terceira dose da medicação, que ainda não possui eficácia comprovada.

Na imagem, rindo, Bolsonaro tenta transpassar que, apesar da doença, tudo corre bem e que o tratamento com a hidroxicloroquina está surtindo efeito. Ele afirma ainda confiar na medicação e questiona os seguidores se os mesmos também acreditam no uso.

“Estou tomando aqui a terceira dose da hidroxicloroquina. [risos] Estou me se sentindo muito bem. Estava mais ou menos domingo, mal segunda-feira.

Hoje, terça, estou muito melhor do que sábado. Então com toda certeza né, está dando certo [engole o comprimido com água]. Sabemos que hoje em dia existem outros remédios que podem ajudar a combater o coronavírus, sabemos que nenhum tem a sua eficácia cientificamente comprovada, mas é mais uma pessoa que está dando certo. Então eu confio na hidroxicloroquina, e você? Valeu. Tamo junto”, concluiu Bolsonaro.

O medicamento é usado para o tratamento da malária e doenças auto-imunes, como a artrite e o lúpus. Além de não ser comprovado cientificamente, o uso indiscriminado da medicação e sem acompanhamento médico pode ter sérios efeitos colaterais, como arritmia cardíaca.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

A cúpula do governo faz testes para coronavírus após o resultado positivo no exame de Bolsonaro
Fundador da Ricardo Eletro é preso em São Paulo em operação contra sonegação fiscal
Deixe seu comentário
Pode te interessar