Domingo, 25 de julho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fog

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Estilo de Vida Saiba se os exercícios físicos podem suprir a má alimentação

Compartilhe esta notícia:

A atividade física acelera e aumenta significativamente o gasto calórico diário. (Foto: Reprodução)

Existem inúmeras pessoas que, ao começarem a ter uma alimentação saudável, sentem dificuldades de eliminar certos tipos de alimentos do cardápio, seja um brigadeiro, uma cervejinha ou um salgado. E quando fazem, muitas das vezes, não conseguem manter a dieta por um bom tempo e acabam caindo na tentação assim que possível, nesse sentido a famosa frase: “começo na segunda”, se torna constante.

Para o personal trainer e educador físico Tauan Gomes, não é necessário deixar de comer o que gosta para emagrecer, pois é possível obter bons resultados de emagrecimento comendo doces, salgados, carboidratos e, até mesmo, ingerindo bebidas alcoólicas.

“Falar de emagrecimento, precisamos entender que se trata de um déficit calórico, ou seja, a atividade física acelera e aumenta significativamente o gasto calórico diário. Então, mesmo comendo um brigadeiro todos dias ou bebendo uma taça de vinho, talvez até comendo sua pizza sexta à noite, desde que compense nos exercícios, nada impede da pessoa ter uma alimentação onde se pode comer de tudo”, disse o personal.

Entretanto, o educador físico acrescenta que não existe atividade física ideal que vá trazer resultados de emagrecimento imediato. Tauan pondera que o melhor exercício é aquele o qual a pessoa se identifica, pois assim ela consegue manter uma constância diária de treinos.

“O ideal é que a pessoa encontre um exercício que se sinta bem e que consiga levar como uma rotina, pois o que vai trazer resultado é aquela atividade que você consegue levar por mais tempo. Seja aeróbicas ou anaeróbicas, desde que haja um déficit calórico, porque o importante é ter um gasto maior do que o consumo.”, explicou o especialista.

Ele acrescenta que não é preciso ter tudo perfeito para iniciar uma rotina saudável, fala de frustrações quando o indivíduo não consegue os resultados desejados e pontua a importância de curtir o processo de mudança.

1) Existem pessoas que esperam primeiro ter uma boa alimentação e depois partem para começar os exercícios físicos. Porém, é preciso fazer isso?

Não, não é preciso. Vale muito mais começar uma prática de atividade física, seja ela qual for, mesmo que você não tenha mudado seus hábitos alimentares, esse é um dos maiores erros que o ser humano tem, é esperar ter tudo perfeito para poder começar. Não precisa ter a melhor dieta, pois só de começar a fazer uma atividade, sem ter mudado os hábitos, já vai trazer resultados, já que estará gastando mais calorias.

2) Essa prática traz os mesmos resultados de pessoas que mudaram a rotina?

Os resultados são os mesmos, mas o tempo que se leva é maior. Quando a gente fala de emagrecimento, é algo que depende apenas de nós. A gente pode sim emagrecer comendo de tudo, mas o resultado não virá no mesmo tempo de uma pessoa que preferiu abrir mão da má alimentação.

3) E quanto as frustrações no processo?

Quando se fala de frustrações, isso acontece quando a sua expectativa é maior do que as suas ações. Nossa geração gosta de mudanças imediatas, mas o resultado de verdade vem com a constância e a melhor forma de construir isso, em qualquer área, é aprender a curtir cada etapa, tendo pequenas metas claras e mudando conforme vai evoluindo.

4) Então, o que você recomenda para comer antes e pós-treino ?

É ideal que se procure um nutricionista ou um profissional da área que possa dar um respaldo que seja de acordo com a individualidade e objetivo do indivíduo. O que tem se falado muito é que alimentos de baixo índice glicêmico tendem a melhorar a performance durante a atividade física. Agora, em questão de quantidade, também é ideal ter um programa personalizado de acordo com o perfil.

Finalizando, na sua opinião, é mais importante se divertir durante o processo e assim obter resultados mais satisfatórios?

Eu uso bastante nos meus acompanhamentos a frase “Ame o processo”, que fala justamente sobre a pessoa dar o seu melhor e curtir cada parte da sua evolução. Porém, o que eu observo é que muitos não começam uma mudança de hábito porque não tem uma alimentação correta, por isso não fazem atividade física e acabam postergando. Então, eu acredito que a prática de atividade física vai compensar mesmo tendo uma má alimentação. Tenho que ser honesto de falar que os resultados vão demorar, mas outros resultados imediatos vão aparecer em outras áreas da vida.

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Estilo de Vida

Chá para ansiedade: saiba quais tipos e como consumir
Veja 7 dicas para dormir melhor nos dias gelados
Deixe seu comentário
Pode te interessar