Terça-feira, 14 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Brasil Senado aprova luto de três dias no Congresso por morte do cantor João Gilberto

Compartilhe esta notícia:

João Gilberto morreu, aos 88 anos, no início deste mês, na sua casa no Rio. (Foto: Divulgação)

O Congresso Nacional entrará em luto por três dias devido ao falecimento do “pai da Bossa Nova” João Gilberto. O requerimento foi aprovado pelo plenário do Senado durante esta terça-feira (9). Com isso, a bandeira nacional ficará a meio mastro no Congresso a partir desta quarta (10).

Na última segunda-feira (8), o porta-voz da presidência da República, Otávio Rêgo Barros, informou que o presidente Jair Bolsonaro não decretaria luto oficial após a morte de João Gilberto.

“O presidente reconhece a importância do artista João Gilberto para a música brasileira. Como todos nós. Ele criou a bossa nova, um estilo de música, conhecido internacionalmente. O presidente se solidariza com a família e os amigos neste momento de dor”, disse, ressaltando que Bolsonaro “não pretende declarar luto oficial pelo fato da perda, do passamento, do nosso estimado João Gilberto”.

O cantor e compositor morreu em casa, no Rio de Janeiro, no último sábado (6). Ele enfrentava problemas de saúde há alguns anos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Prisão em segunda instância é retirada do pacote anticrime de Moro
O governador gaúcho está em Brasília para tentar convencer deputados federais a incluírem os Estados na reforma da Previdência
Deixe seu comentário
Pode te interessar