Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Mundo Suprema Corte manda reabrir Parlamento britânico e oposição pede renúncia de Boris Johnson

Compartilhe esta notícia:

Boris Johnson seguirá buscando um acordo de saída com a UE. (Foto: Reprodução/Twitter @BorisJohnson)

A decisão do primeiro ministro britânico, Boris Johnson, de suspender as atividades do Parlamento por cinco semanas foi considerada ilegal pela Suprema Corte. A pasta também ordenou a retomada dos trabalhos “assim que possível”. Com isso, líderes da oposição passaram a pedir que Boris renuncie ao cargo, do qual tomou posse em 24 de julho, há exatos dois meses.

A retomada dos trabalhos acontecerá nesta quarta-feira (25), conforme informou o presidente da Câmara dos Comuns, John Bercow. A medida de manter a suspensão das atividades foi considerada ilegal pois “teve o efeito de frustrar ou prevenir a habilidade do Parlamento de realizar suas funções constitucionais sem uma justificativa razoável”, disse a sentença.

Saída da UE

O premiê reafirmou que pretende realizar o Brexit em 31 de outubro e que seguirá buscando um acordo de saída com a UE. “É no que estamos trabalhando. E, para ser honesto, esse tipo de coisa no Parlamento ou nas cortes não está facilitando isso”.

Forte defensor do Brexit, Boris disse que prefere morrer a pedir um novo adiamento, e defende que a saída seja feita com ou sem acordo com o bloco para regular a relação futura entre eles.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Confira como está Jesse no novo trailer de filme de Breaking Bad
EPTC anuncia bloqueio da avenida Eduardo Prado
Deixe seu comentário
Pode te interessar