Sábado, 06 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul Um grupo foi preso no Vale do Taquari com quase 850 quilos de maconha

Compartilhe esta notícia:

Droga era descarregada de carreta para cinco veículos no momento do flagrante. (Foto: Divulgação/BM)

A semana tem sido marcada por ocorrências mais ou menos semelhantes no Interior gaúcho, envolvendo tráfico de drogas. Em Pouso Novo (Vale do Taquari), denúncias apontaram para um grupo em atitude suspeita à margem da rodovia federal BR-386. Ao chegar ao local, a Brigada Militar deparou com um indivíduo na carroceria de uma carreta, arremessando fardos de maconha para outros cinco, cada qual em um veículo.

Todos foram presos em flagrante, com exceção de um suspeito que conseguiu escapar a pé através de uma área de mata, favorecido pela pouca luz no local no momento do incidente (23h). A ação também resultou na apreensão de seis veículos e 31 fardos de maconha, em um total de quase 850 quilos da droga.

Carazinho

Em Carazinho (Região Noroeste), brigadianos da Força Tática do 38° Batalhão de Polícia Militar (BPM) prenderam um homem de 25 anos, por tráfico de drogas, no centro da cidade. Segundo a corporação, denúncias motivaram a abordagem ao suspeito.

Ele armazenava em um apartamento na rua Alexandre da Motta, no Centro da cidade, mais de 80 quilos de maconha, já fracionada para venda em “tijolos” de 1 quilo.

O homem já possuía antecedentes criminais e foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Carazinho, para o registro do flagrante.

Caxias do Sul

Já no bairro Desvio Rizzo, em Caxias do Sul (Serra Gaúcha), uma denúncia anônima sobre a localização de um foragido levou os policiais do 4° Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) a realizarem buscas na região. Avistado pela Brigada Militar quando estava junto com a namorada, ele foi abordado e preso com grande quantidade de maconha e cocaína, além de um revólver.

Na residência do homem, de 26 anos, foram localizadas outras porções dos dois entorpecente, além de balanças de precisão, dinheiro, caderno de anotações, outro revólver e munição. Ele possuía diversas ocorrências por tráfico de drogas e porte ilegal de arma-de-fogo. Já a sua namorada, de 22 anos, havia sido presa pelo mesmo tipo de crime havia alguns dias.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

A Justiça gaúcha validou a cobrança de imposto municipal sobre serviços contratados no Exterior mas usufruídos no Brasil
Posse de Joe Biden na presidência dos Estados Unidos tem esquema de segurança sem precedentes
Deixe seu comentário
Pode te interessar