Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Saúde > Com o crescimento populacional, a dieta humana deve reduzir carne, açúcar e sal, diz executivo da Nestlé

Presidente Jair Bolsonaro volta atrás e revoga decreto que facilitava porte de armas

Bolsonaro e parlamentares durante a assinatura do decreto sobre o porte de armas. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, informou nesta terça-feira (25), que o presidente Jair Bolsonaro decidiu revogar dois decretos editados que facilitaram o porte de armas de fogo. Além da revogação destes documentos, o presidente também editou outros três sobre o assunto e enviou um projeto de lei para o Congresso Nacional analisar.

Os decretos que facilitaram o porte e a posse de armas de fogo, bem como o uso de munições, foram assinados e publicados pelo presidente em maio deste ano. A decisão repercutiu negativamente no Legislativo e foi alvo de críticas no plenário do Senado, que pediu a suspensão do texto na semana passada.