Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Mostly Cloudy

Esporte Duas das 20 maiores transferências da história do futebol vão acontecer na próxima janela

De Jong passará a defender o Barcelona na próxima temporada. (Foto: Reprodução/Twitter)

Duas das 20 maiores transferências da história vão acontecer na próxima temporada. Não se trata de uma previsão, e sim de uma constatação depois de Barcelona e Bayern de Munique saírem na frente ao lado do Real Madrid como grandes compradores do mercado de verão antes mesmo de as atuais competições terminarem.

O Bayern é responsável pela, até aqui, 14ª maior compra: Lucas Hérnandez, que deixará o Atlético de Madrid no mês de julho pelo valor de sua cláusula: 80 milhões de euros (o equivalente a 351 milhões de reais na cotação atual). Ele é o segundo defensor mais caro da história, atrás apenas do holandês Van Dijk, adquirido pelo Liverpool em janeiro de 2018 por 84,6 milhões de euros.

Outro holandês, o volante Frenkie de Jong, é o 18º desta lista depois de o Barcelona garantir a sua contratação por 75 milhões de euros. Com estas futuras transferências somadas às temporadas 2018/19 (atual) e 2017/18, metade do top-20 está concentrada neste período. Ou seja: gastar mais é uma tendência conforme os clubes vão ficando cada vez mais ricos.

O Real Madrid e o Chelsea são outros clubes já com negócios confirmados. Os merengues terão Militão, do Porto, e Rodrygo, do Santos, à disposição a partir de julho, enquanto os Blues contarão com Pulisic, do Borussia Dortmund.

O que chama a atenção neste ponto do ano é uma movimentação acima da média e a promessa de uma janela com fortes investidas, uma vez que Real Madrid e Bayern estão renovando seus elencos e podem criar um efeito cascata no mercado.

É esperar para ver e, no caso dos clubes brasileiros sedentos por algum trocado, torcer por vendas internacionais que influenciem no mecanismo de solidariedade…

Outras transferências importantes já acertadas para 2019/2020:

Pulisic (Borussia Dortmund para Chelsea): 64 milhões de euros

Éder Militão (Porto para Real Madrid): 50 milhões de euros

Rodrygo (Santos para Real Madrid): 45 milhões de euros

Pavard (Stuttgart para Bayern): 35 milhões de euros

Emerson (Atlético-MG para Barcelona): 12 milhões de euros

Luan Cândido (Palmeiras para Leipzig):  8 milhões de euros

Todibo (Toulouse para Barcelona): 1 milhão de euros

Ramsey (Arsenal para Juventus): custo zero

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Presidente do Inter será recebido pelo presidente Jair Bolsonaro
O Grêmio confirmou a sua passagem às semifinais do Gauchão ao empatar em 0 a 0 com o Juventude
Deixe seu comentário
Pode te interessar