Últimas Notícias > Notícias > Mundo > O Uruguai tem falta de maconha: a produção não é suficiente para abastecer os mais de 47 mil consumidores registrados

Estudo da SBVC revela a força do varejo nacional

Estudo faz uma radiografia do varejo brasileiro, trazendo definições, conceitos e dados atualizados do setor. (Foto: Reprodução)

O mais recente estudo realizado pela SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo), O Papel do Varejo na Economia Brasileira faz uma radiografia atual e completa do varejo brasileiro. O trabalho começa descrevendo o conceito do que é varejo e, a partir daí, analisa em detalhes sua participação na economia nacional, trazendo números por área de atuação, estatísticas e fatores de influência em seu desempenho.

O levantamento foi concebido com o objetivo de alinhar e estruturar conceitos, definições, classificações, estatísticas e números a respeito do varejo na economia brasileira e mostrar em detalhes um retrato do passado recente do setor com uma análise da situação atual. “É fundamental que um segmento que emprega um em cada cinco trabalhadores brasileiros e que gera impacto em dois terços do PIB do país, siga cada vez mais sendo estudado e analisado para que toda sua cadeia de valor e os diversos órgãos do poder executivo e legislativo possam conhecê-lo e compreendê-lo mais profundamente”, afirma Eduardo Terra, presidente da SBVC e idealizador do estudo.

As principais entidades que representam o varejo nacional contribuíram com a formulação dos conceitos, definições e classificações, trazendo para o estudo seus dados e estatísticas para que, organizados, possam dar um entendimento mais claro e detalhado do papel de cada uma na economia brasileira. Para Eduardo Terra, este alinhamento de conceitos e definições era mais que necessário. “Contando com o apoio das principais entidades de classe de âmbito nacional, através deste estudo, conseguimos unificar alguns conceitos e estabelecer números mais alinhados e comuns a todo setor”, afirma Eduardo.

O estudo levou em consideração os números e levantamentos das entidades representativas dos seguintes segmentos: Franchising, Shopping Centers, Hiper e Supermercados, Bares e Restaurantes, E-commerce, Material de Construção, Farmácias e Drogarias, Livrarias e Perfumarias. O levantamento mostra o cenário atual que caracteriza um novo ciclo para o setor varejista, desafiando empresas a continuarem seu processo de expansão, perseguindo simultaneamente mais eficiência e competitividade.

O estudo já está disponível para ser baixado através do site da SBVC no endereço a seguir: http://sbvc.com.br/o-papel-do-varejo-na-economia-brasileira-2019/

Deixe seu comentário: