Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > PRF apreende animais silvestres que estavam sendo levados para Argentina

Fórum O Rio Grande em Transformação chega em Canoas

Marcado para a próxima quinta-feira (21), o encontro cumpre a série de oito eventos pelas diferentes regiões do Estado. O primeiro, de lançamento, aconteceu em Osório.A programação inicia às 19h, com a participação da presidente da Federasul, Simone Leite (foto), e do vice-presidente de Integração, Rafael Goelzer, que farão a apresentação do projeto. (Crédito: Itamar Aguiar)

O projeto criado pela Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) chega à Canoas na próxima quinta-feira (21). Trata-se do Fórum O Rio Grande em Transformação, projetado para fazer um levantamento das 10 macro-oportunidades de cada região do Estado. O evento passará por sete municípios nos próximos seis meses.
A conclusão será apresentada no 15º Congresso da Federasul dias 24 e 25 de outubro, em Gramado. O segundo encontro (o primeiro, de lançamento, aconteceu em Osório no dia 01 de fevereiro) é na CICS Canoas e deverá receber empresários da região Metropolitana, Vale do Rio dos Sinos e Vale do Rio Caí.

A programação inicia às 19h, com a participação da presidente da Federasul, Simone Leite, e do vice-presidente de Integração, Rafael Goelzer, que farão a apresentação do projeto. Logo em seguida, o diretor executivo da Agenda 2020, Ronaldo Krummenauer, vai mostrar os dados e estatísticas da Região.

A programação inclui ainda a apresentação de exemplos bem sucedidos para serem multiplicados nas regiões. Um deles é a “Lei de Incentivo à Segurança” e será detalhado pelo presidente do Instituto Floresta, Leonardo Fração. O vice-presidente e coordenador da Divisão de Economia da Federasul, Fernando Marchet, vai falar sobre “Perspectivas Econômicas do RS e do Brasil”.

As 10 macro-oportunidades das regiões Metropolitana, Vale do rio dos Sinos e Vale do rio Caí serão conhecidas no final do evento, que encerra com a presidente Simone Leite sobre “Um Olhar Sobre o Novo Tempo”.

Deixe seu comentário: