Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Uma força-tarefa fiscalizará a utilização irregular de um herbicida no Rio Grande do Sul

Marchezan reitera ao Ministério Público o plano para ampliar e qualificar o serviço de saúde

Encontro ocorreu na manhã desta terça-feira. (Foto: Joel Vargas/PMPA)

O prefeito Nelson Marchezan Júnior e o secretário municipal de Saúde, Pablo Stürmer, se reuniram na manhã desta terça-feira (22), com o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, e representantes de Ministérios Públicos, para debater a situação do Imesf (Instituto Municipal de Estratégia da Família). O encontro ocorreu no MP (Ministério Público) Estadual.

Marchezan esclareceu e reiterou o plano criado pela prefeitura para ampliar e qualificar a atenção primária do serviço de saúde. “Nosso caminho é este e estamos confiantes que vai melhorar o atendimento oferecido à população”, diz. Segundo o prefeito, a expectativa é que quase a totalidade dos funcionários do Imesf seja aproveitada pela instituição que assumir o serviço.

Nos próximos dias, deverá ser encaminhado à Câmara de Vereadores um projeto de lei para criação dos cargos e contratação direta pelo Município de agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias. Também será realizada a contratação emergencial para garantir a continuidade do atendimento aos usuários. Após essa primeira etapa, a prefeitura abrirá o processo para o edital definitivo. O prefeito garantiu que encaminhará ao Ministério Público mais informações e dados sobre a saúde em Porto Alegre. Uma nova rodada de conversas será marcada.

Também participaram da reunião o subprocurador institucional do MP, Marcelo Dornelles; coordenador regional do Conap, Gilson de Azevedo; representante do procurador-geral do Ministério Público de Contas, Daniela Wendt; procurador da República, Enrico de Freitas; procurador Paulo Leivas; promotora Márcia Bento; promotor Mauro Souza; promotor Ricardo Schinestsck e a promotora Ângela Rotunno.