Últimas Notícias > Capa – Destaques > O presidente americano Donald Trump assinou sanções contra ativos do governo venezuelano

Mel Gibson pode atuar com Mark Wahlberg na refilmagem da série “O Homem de Seis Milhões de Dólares”

Nesta refilmagem, o título será "O Homem de Seis Bilhões de dólares" para se adaptar aos tempos atuais. (Foto: Reprodução)

Mel Gibson dirigirá um novo filme sobre a Segunda Guerra Mundial após o sucesso e indicação ao Oscar 2017 com Até o Último Homem: The Destroyer , baseado no livro “Hell From the Heavens: The Epic Story of the USS Laffey and World War II’s Greatest Kamikaze Attack” , de John Wukovits.

A informação é do site The Hollywood Reporter, que também anuncia que o artista veterano está muito cotado para estrelar o remake cinematográfico da série setentista “O Homem de seis milhões de dólares” ao lado de Mark Wahlberg – ficção científica sobre um piloto que é resgatado e transformado em uma espécie de homem-máquina. Se o acordo for selado, eles repetirão a bem-sucedida dobradinha da comédia Pai em Dose Dupla 2.

A série

“O Homem de Seis Milhões de Dólares” foi uma série de televisão norte-americana produzida e exibida entre 1974 a 1978 pelo canal ABC. A série é sobre o ciborgue Steve Austin, interpretado pelo ator Lee Majors. No Brasil a série se denominou “O Homem de Seis Milhões de Dólares” ou também de “O Homem Biônico”. O programa se baseou no livro Cyborg de Martin Caidin de 1972, que se tornou um best-seller, com três sequências: Cyborg II: Operation Nuke, Cyborg III: High Crystal, e Cyborg IV. A série foi antecedida por três filmes de televisão, de 1973.

O primeiro filme, com o mesmo nome da série mas que também ficou conhecido como Cyborg: Six Million Dollar Man (que deu origem ao outro nome que a série ficou conhecida no Brasil:”Ciborgue, o homem de seis milhões de dólares”). O programa trazia episódios de 60 minutos, produzidos por Harve Bennett. Deu origem (spin off) à série da “Mulher Biônica” ou The Bionic Woman.

A idiia da “mulher biônica” apareceu em 1975, num episódio de duas partes chamado “The Bionic Woman”. Nele, aparece a personagem de Jaime Sommers, uma jogadora de tênis profissional e antigo interesse amoroso de Austin, que sofreu a cirurgia dos implantes biônicos após um acidente de paraquedas. Seus implantes eram similares a de Austin, mas na história falham e ela morre. Com a popularidade da personagem, ela foi revivida na temporada seguinte (por intermédio da criogenia), ganhando em 1978 sua própria série.

Tramas

O coronel e ex-astronauta Steve Austin trabalha como agente de campo para a OSI – sigla usualmente identificada como Office Scientific Intelligence (algo como Departamento de Inteligência Científica).

Ele começou ali depois de ter sofrido um acidente (mostrado na abertura do seriado) com um avião Northrop M2-F2 (embora num episódio “The Deadly Replay”, tenha sido feito referência a um Northrop HL-10). Foram usados fotogramas originais da NASA de um acidente real de 1967 com o piloto Bruce Peterson. No episódio de abertura da série “Population Zero”, foi introduzido um novo elemento: a voz de Oscar Goldman narrando a criação do homem biônico.

No acidente fictício, Austin foi severamente machucado, tendo sido reconstruído em uma cirurgia experimental que custou seis milhões de dólares. Assim, seu braço direito, suas pernas e seu olho esquerdo destroçados, foram substituídos por implantes chamados de “biônicos”. Com isso, ele passou a ter sua força e visão ampliada (permitia um zoom de 20 por um) e na corrida, podia chegar a 90 quilômetros por hora.

 

Deixe seu comentário: