Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > O Peru passou a exigir passaporte de venezuelanos

O Grêmio empatou em 1 a 1 contra o Independiente, na Argentina. A decisão fica para a Arena

O Tricolor jogou boa parte da partida com um atleta a mais. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

A decisão será na Arena. Na noite dessa quarta-feira, Independiente e Grêmio ficaram no 1 a 1 no Libertadores de América e disputarão o título da Recopa Sul-Americana na próxima semana, em Porto Alegre. Em um jogo com boas chances para os dois lados, Luan abriu o placar para o Tricolor – que viu o empate sair após cobrança de bola parada dos argentinos. Mesmo com um jogador a mais em três quartos da partida, a equipe não conseguiu converter as oportunidades.

Em caso de novo empate, a disputa vai para a prorrogação e se o placar persistir, haverá disputa de pênaltis. Não havendo gol qualificado como critério de desempate.

Escalação inédita

A presença de Lima no time mudou a formação do Grêmio. Com ele, o Tricolor usou uma escalação inédita no ano. Nas outras duas partidas o 4-2-3-1 foi mantido e Léo Moura atuou pela direita. Na Argentina a equipe de Renato partiu do 4-1-4-1 com Maicon à frente da zaga. Cícero e Jailson por dentro com Everton e Lima pelos lados. Luan iniciou avançado.

Gauchão

O Grêmio não entrou em campo pelo Gauchão, mas ganhou uma posição e saiu da zona de rebaixamento. O São Paulo-RS perdeu para o São Luiz-RS por 2 a 0 e atingiu o mesmo saldo do Tricolor. Mas a equipe de Renato Gaúcho supera o time de Rio Grande nos gols marcados e por isso agora é 10º colocado na tabela do estadual.

Ficha técnica

Independiente:  Campaña; Bustos (Figal), Alan Franco, Amorebieta e Gastón Silva; Gaibor (Jonas Gutiérrez), Nicolás Domingo, Martín Benítez (Fernández), Meza e Menendéz; Gigliotti. Técnico: Ariel Holan.

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon, Jailson, Lima (Alisson), Cícero (Jael) e Everton (Maicosuel); Luan. Técnico: Renato Portaluppi.

 

Deixe seu comentário: