Últimas Notícias > Colunistas > O rapto de Perséfone

O Grêmio perdeu para o Palmeiras por 1 a 0 no jogo de ida das quartas de final da Libertadores

Com a derrota em casa, o Grêmio é obrigado a vencer o jogo de volta. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

O primeiro capítulo das quartas de final da Copa Libertadores, na noite desta terça-feira (20), na Arena, não foi bom para o Grêmio. Diante do Palmeiras, o Tricolor, mesmo pressionando e com maior posse de bola, perdeu por 1 a 0.  O gol foi anotado por Gustavo Scarpa, de falta, no primeiro tempo.

O Grêmio começou a partida com praticamente todo o time no ataque. No primeiro minuto já conseguiu um escanteio, mas foi do Palmeiras a primeira finalização. Após cobrança de lateral, a bola sobrou para Dudu que chutou por cima do gol.

Mas, mesmo com os visitantes bem postados defensivamente, a pressão era gremista e, aos oito minutos, o Tricolor revidou. Jean Pyerre chutou de fora da área e a bola foi para fora. Com mais posse de bola e troca de passes, o Grêmio continuava atacando. Aos 14, Alisson chutou de fora da área, e o goleiro Weverton fez a defesa.

Quando o Palmeiras chegava, era pelo lado direito, com Dudu, nas costas de Cortez. O lateral sentiu e teve que ser substituído. Entrou Juninho Capixaba em seu lugar.

Mesmo com mais volume de jogo, o Grêmio levou o gol do jogo. Em cobrança de falta, aos 30 minutos, Dudu ajeitou para Scarpa, que acertou um chute de muito longe e Paulo Victor não conseguiu fazer a defesa.

O Tricolor voltou a insistir após o gol, controlando o jogo, mas sem assustar.

No segundo tempo, quem começou atacando e pressionando foi o Palmeiras. Aos três minutos, Paulo Victor fez um milagre, após cabeceio de Dudu.

Mas o Grêmio precisava do gol e começou a buscá-lo com Everton aparecendo mais. Aos 11, ele chutou de fora da área, mas Weverton pegou. Renato não esperou muito para fazer suas trocas. Tirou André para colocar Tardelli.

O time gaúcho seguia pressionando, mas sem levar perigo ao gol do adversário. Aos 30, Felipe Melo recebeu o segundo cartão amarelo e fui expulso. O time de Renato Portaluppi continuava tentanto, mas sem sucesso.

Com o revés em casa, só uma vitória interessa ao Grêmio para seguir adiante na competição sul-americana. O jogo está marcado para a próxima terça-feira (27), no estádio do Pacaembu, às 21h30min. Antes do confronto decisivo, porém, o Tricolor enfrenta o Athletico-PR pelo Brasileirão, no sábado (24).

Ficha técnica

Grêmio: Paulo Victor, Geromel, Kannemann, Cortez (Juninho Capixaba), Leonardo, Matheus Henrique, Maicon, Jean Pyerre, Alisson (Luciano), Everton e André (Diego Tardelli).Técnico: Renato Portaluppi.

Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Diogo Barbosa, Felipe Melo, Bruno Henrique, Gustavo Scarpa (R.Veiga), Willian (Thiago Santos), Dudu e Luiz Adriano (Carlos Eduardo). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Arbitragem: Patricio Loustau (ARG), auxiliado por Juan Belatti (ARG) e Diego Bonfa (ARG).

VAR (árbitro de vídeo): Mauro Vigliano (ARG).

Deixe seu comentário: