Últimas Notícias > Capa – Destaques > Com a economia crescendo 1,8% em 2017, o PIB do Rio Grande do Sul permanece entre os quatro maiores do País

Presos escavam túnel e fogem de presídio de Carazinho

Seis presos saíram para rua por buraco na parte externa da cadeia. (Susepe/Divulgação)

Seis presos fugiram, na tarde desta quarta-feira (02), do Presídio Estadual de Carazinho, no Norte do Rio Grande do Sul. Eles escavaram um túnel para sair da prisão. A polícia está fazendo buscas pelas ruas da cidade e acionou apoio. Os presos foram identificados e estavam na cela 5 da Galeria A da cadeia. A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) afirmou que a perícia foi ativada. De acordo com a Susepe, os presos que fugiram são:

Jerri Adriani Tatim — Condenado a 6 anos e 8 meses de prisão por homicídio, roubo de veículos e estabelecimento comercial;

Selmar Roberto Lermen— Condenado a 22 anos e 5 meses de prisão por homicídio e tráfico de drogas;

Dolcimar Luís Petró— Condenado a dois anos de prisão por furtos;

Luís Diego Pinto — Responde por homicídio doloso, roubo a lotérica, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas;

Tiago Henrique Kemmerich da Costa— Responde por roubos e organização criminosa;

Maicon Douglas Lemos dos Santos — Responde por furtos e roubos.

Túnel foi feito pela cela cinco da Galeria A. (Foto: Susepe/Divulgação)