Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Neymar lamenta vaias e admite que queria voltar ao Barcelona, mas afirma: “é página virada”

Remédio para cólica menstrual tem efeito para tratar esquistossomose

O problema atinge o o mundo todo. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Conhecido como Ponstan, o ácido mefenâmico é utilizado para cólicas menstruais e pode ser eficiente, também, para tratamento de esquistossomose. A descoberta é de pesquisadores da Universidade de Guarulhos, que estudam novos usos para medicamentos já criados. O Ponstan já passou por experimentos em animais e, posteriormente, será testado em humanos.

O estudo mostrou que o medicamento reduziu em mais de 80% a carga parasitária em camundongos infectados com o verme Schistosoma mansoni. Segundo os pesquisadores, esse percentual ultrapassa o “padrão ouro” estipulado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para novos medicamentos. Atualmente, só existe um medicamento para o tratamento da esquistossomose, o praziquantel. A eficácia do ácido mefenâmico pode ser até maior do que o antiparasitário disponível, pois ele atuou também na fase larval do parasita.

A esquistossomose atinge mais de 240 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo dados da OMS. O professor Josué de Moraes, da Universidade Guarulhos, destaca que esta é uma doença negligenciada e, embora afete uma parcela significativa de pessoas, carece de estudos, vacinas e tratamentos mais avançados. “Estamos falando de doenças da pobreza. A indústria farmacêutica, quando olha para esse público, não vai querer desenvolver um novo medicamento”, disse o autor do estudo.

Deixe seu comentário: