Terça-feira, 28 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Light Rain

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Esporte A dupla Grenal conheceu os seus adversários na fase de grupos da Libertadores 2019

Compartilhe esta notícia:

Confrontos foram definidos na noite desta segunda-feira, no Paraguai. (Foto: Reprodução)

A Conmebol realizou na noite desta segunda-feira (17), no Paraguai, o sorteio dos confrontos da fase de grupos da Libertadores de 2019. Cabeça de chave do grupo H, o Grêmio enfrentará Universidad Católica (Chile), Rosário Central (Argentina) e o vencedor da chave 3 da pré-Libertadores. No grupo A, do Inter, é composto por River Plate (Argentina), Alianza Lima (Peru) e o vencedor da chave 4 da pré-Libertadores.

Quinto e sexto colocados do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Atlético-MG serão os primeiros a entrar em campo – contra Talleres (ARG) e Danubio (URU), respectivamente. Os dois clubes participam da segunda fase da Libertadores e terão de passar por dois mata-matas até a fase de grupos – ambos estreiam entre os dias 5 e 7 de fevereiro.

Já os quatro primeiros do Brasileirão (Palmeiras, Flamengo, Inter e Grêmio), o campeão da Copa do Brasil (Cruzeiro) e o da Sul-Americana (Athletico Paranaense) só vão entrar em campo entre os dias 5 e 7 de março, primeira semana prevista para os duelos dos grupos.

O Grupo A pode ser o mais equilibrado da competição. River Plate, atual campeão, e Inter estão na chave, e o São Paulo pode entrar nela se passar pelas primeiras fases. Já o Atlético-MG, se passar, vai para o Grupo E, ao lado de Nacional (URU), Cerro Porteño (PAR) e Zamora (VEN).

Em outro duelo Brasil x Argentina, o Athletico, atual campeão da Sul-Americana, está no Grupo G com o Boca Juniors, vice da última Libertadores.

A premiação oferecida pela Conmebol será um atrativo da Libertadores: o campeão vai ganhar US$ 12 milhões (cerca de R$ 47 milhões), o dobro da edição passada, vencida pelo River Plate.

Ainda falta ser definido um representante da Bolívia (Royal Pari ou Bolívar). No domingo, o San José garantiu sua vaga, mas ainda não sabe para qual fase vai. Isso porque falta uma rodada para o fim do Clausura no país: quem ficar com o título vai para a fase de grupos e entra no pote 4 do sorteio como BOL 2, enquanto o vice estará no pote 2 da segunda fase prévia, como BOL 3. O San José já tem pelo menos o vice garantido.

Após uma conturbada edição de 2018, a competição está prevista para começar no dia 22 de janeiro, com os jogos de ida da fase prévia. A decisão da Libertadores, agora em jogo único, será em Santiago, capital do Chile, no dia 23 de novembro de 2019.

Premiação

A Conmebol ajustou mais uma vez a premiação da Copa Libertadores e dobrou o prêmio novamente. Ainda assim, não conseguiu se equiparar ao que a CBF decidiu pagar ao campeão da Copa do Brasil.

A entidade sul-americana confirmou os novos valores pagos na Libertadores nesta segunda-feira, momentos antes do sorteio da fase de grupos. Agora, o campeão de 2019 embolsará US$ 12 milhões (aproximadamente R$ 47 milhões). O valor é exatamente o dobro pago ao River, campeão de 2018.

O ajuste deixa o valor bem mais próximo ao pago pela Copa do Brasil, mas ainda menor. No torneio nacional, o campeão leva R$ 50 milhões.

O tema é gerou bastante discussão nesse ano, com um torneio teoricamente mais importante com um prêmio bem defasado em relação ao outro.

O aumento na premiação está diretamente ligado ao novo contrato de transmissão firmado para a Libertadores.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Cristiano Ronaldo assumirá que praticou fraude fiscal, segundo um jornal espanhol
O time dos Emirados Árabes Al Ain surpreende mais uma vez, elimina o River Plate nos pênaltis e está na final do Mundial de Clubes
Deixe seu comentário
Pode te interessar