Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Cloudy

Rio Grande do Sul A população de Canoas voltará a ter grátis a segunda passagem nos ônibus da cidade

Compartilhe esta notícia:

Medida será implementada a partir de março. (Foto: Derli Colomo Júnior/Prefeitura de Canoas)

A prefeitura de Canoas confirmou para março a retomada da gratuidade na segunda passagem nos ônibus do transporte público no município, o segundo mais populoso da Região Metropolitana (perde apenas para Porto Alegre) e o terceiro no ranking gaúcho, com cerca de 350 mil habitantes. O benefício está suspenso desde março de 2019, por decisão do então chefe do Executivo, Luiz Carlos Busato.

Apresentada como “integração tarifária total”, a medida consta em decreto assinado pelo prefeito Jairo Jorge. Quando o passageiro realizar duas viagens em qualquer sentido, dentro de um período de 90 minutos, o segundo passe pela roleta não será cobrado – antes do corte de quase dois anos atrás, a gratuidade já havia sido limitada a um intervalo de meia hora.

O benefício será válido para todos que utilizam o cartão “Teu”. Já quem tem usa o dispositivo para passagem escolar ficará isento de pagamento quando a viagem for no mesmo sentido.

Conforme o Executivo local, trata-se de “um alívio para os bolsos” dos cidadãos que vivem e trabalham na cidade. De acordo com o titular da Secretario de Transporte e Mobilidade, José Francisco Nunes, o novo decreto incentivará a população a usar o transporte coletivo:

“Os usuários do sistema terão 90 minutos para ir e voltar, independente do que forem fazeres, pelo custo de apenas uma passagem. Sem a gratuidade no segundo passe, atualmente esse custo tem sido muito elevado”.

Ele avalia, ainda, que as vantagens não serão para os passageiros: “Se formos avaliar, isso vai ajudar até a própria empresa, pois o cidadão vai optar mais pelo ônibus e não pelo carro de aplicativo, que muitas vezes tem saindo muito mais barato”.

Compra de créditos

Outra medida anunciada pela prefeitura de Canoas é compra de mais de 200 mil créditos de passagem de ônibus para distribuição, também a partir de março, aos desempregados e outros segmentos populacionais em situação de vulnerabilidade socioeconômica. O valor a ser investido na iniciativa é superior a R$ 1 milhão.

Segundo a administração municipal, a aquisição faz parte de um plano de socorro ao sistema de transportes da cidade, previsto em um acordo firmado junto à Justiça Federal na semana passada para encerrar a greve de funcionários da concessionária Sogal (Sociedade de Ônibus Gaúcha Ltda). Confira a nota divulgada pela prefeitura:

“Conforme combinado no TRF-4 [Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre] há uma semana, no acordo que encerrou a greve do transporte coletivo na cidade, a prefeitura efetuou nesta terça-feira (12) o pagamento da primeira parte referente ao plano de quitação das dívidas da Sogal. A parcela de R$ 789 mil corresponde ao décimo-terceiro salário dos funcionários.

De acordo com a proposta firmada, o montante será aplicado na aquisição de passagens para o programa de auxílio emergencial a desempregados, a ser lançado em março pela prefeitura. Daqui a um mês, serão repassados os 102 mil referentes ao vale-alimentação.

Na sequência, até 12 de março, será a vez dos R$ 137 mil referentes às horas-extras. No total, o valor a ser desembolsado será de R$ 1,028 milhão..

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Treze cidades do Amapá voltaram a ficar sem energia elétrica
Vacinação começará ao mesmo tempo em todos os Estados, diz ministério
Deixe seu comentário
Pode te interessar