Sexta-feira, 30 de Outubro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Mostly Cloudy

Tecnologia A Samsung prepara uma solução caseira para duelar com o reconhecimento facial da Apple

Compartilhe esta notícia:

A sul-coreana registrou patente para um sensor de distância com o nome ISOCELL Vizion. (Foto: Reprodução)

A Samsung sempre tem uma solução “simples” para resolver questões como a falta de acesso às melhores tecnologias disponíveis: construir por conta própria. Ao que parece, esse é o plano da empresa para resolver a dificuldade de conseguir sensores Time of Flight para competir com a Apple.

Segundo o site LetsGoDigital, a sul-coreana registrou patente para um sensor de distância com o nome ISOCELL Vizion, descrito como um sensor ToF que ainda serve para reconhecimento facial e recursos de realidade aumentada. A documentação foi enviada ao Instituto da propriedade intelectual da União Europeia na última sexta-feira (18) e registrado como Classe 9.

Um sensor ToF permite que o celular calcule a distância de objetos captados pela câmera até o dispositivo, abrindo possibilidades que vão desde o uso da realidade aumentada até coisas mais simples, como o efeito Bokeh em fotos. A Samsung utilizou esses sensores nos Galaxy S20+ e S20 Ultra, Galaxy S10 5G e até no A80, mas descartou o componente na série Galaxy Note 20.

Apple e Sony teriam feito um acordo de exclusividade sobre os sensores ToF produzidos pela segunda, deixando apenas modelos de qualidade um pouco inferior para as concorrentes da Maçã. Como a fabricante japonesa é, atualmente, a única a fabricar esses sensores, a Samsung busca uma solução para voltar a oferecer o recurso em seus smartphones com a melhor qualidade possível.

O pedido de patente é apenas uma indicação de que a sul-coreana pode se arriscar no desenvolvimento e fabricação das câmeras ToF no futuro. Se já vai conseguir embarcá-los nos Galaxy S21 (ou Galaxy S30 — o nome dos próximos flagships ainda não está definido) é um mistério, mas possivelmente seria a intenção da empresa.

Uma coisa interessante nos sensores ToF ISOCELL Vizion é que, aparentemente, eles poderiam ser utilizados também para oferecer uma solução concorrente ao Face ID da Apple, ou seja, entregar desbloqueio facial mais seguro nos dispositivos Android.

Novidade

Lançado no começo do mês no Brasil, o Samsung Galaxy Watch 3 chama atenção por ser elegante e focado em saúde – o dispositivo mede até pressão arterial. Mas, para o mercado brasileiro, a Samsung faz questão de destacar mais um detalhe: a companhia anunciou nesta segunda-feira (21) que o relógio passa a fazer parte da lista de dispositivo produzidos em sua fábrica de Manaus (AM).

O anúncio é a continuação de um movimento que teve início em julho deste ano. Naquele mês, a Samsung anunciou a produção dos smartwatches Galaxy Watch Active e Galaxy Watch Active 2 em território nacional, bem como da pulseira Galaxy Fit E.

No Brasil, a linha Galaxy Watch 3 têm preços oficiais de R$ 2.799 para a versão de 41 mm e R$ 2.999 para o modelo de 45 mm.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Curso online de Stories para Empreendedoras
O Facebook é acusado de espionar usuários pela câmera do Instagram
Deixe seu comentário
Pode te interessar