Terça-feira, 13 de Abril de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Notícias Após a derrota para o Vasco, o Inter já se prepara para o duelo contra o Bahia no Campeonato Brasileiro

Compartilhe esta notícia:

Colorado de D'Alessandro (E) está em sexto lugar na tabela. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Após a derrota de sexta-feira contra o Vasco no Rio de Janeiro, o Inter já se prepara para o próximo desafio no Campeonato Brasileiro. O adversário da vez é o Bahia, no estádio Beira-Rio, às 21h30min desta quarta-feira, pela nona rodada da compatição.

Trata-se do último confronto antes do recesso para a realização da Copa América de Seleções, sediada pelo Brasil e cuja estreia está marcada para a noite de sexta-feira, colocando frente a frente Brasil e Peru no estádio Pacaembu (São Paulo). Depois disso, o Saci só volta ao Brasileirão no dia 14 de julho, em Curitiba (PR), contra o Athletico.

Em sexto lugar (13 pontos), o Colorado quer manter o índice de 100% de aproveitamento em casa neste Brasileirão, algo essencial para as ambições de uma equipe que ainda não obteve três pontos como visitante. Já o Bahia, comandado por Roger Machado, está uma posição acima na tabela (14 pontos).

Na manhã desse domingo, o técnico Odair Hellmann orientou no campo do Parque Gigante o primeiro treino para o duelo. Os atletas que atuaram contra o Vasco fizeram um trabalho à parte na academia e depois uma atividade mais leve no gramado. Já os demais foram submetidos a um trabalho técnico, de transição, seguido de exercícios táticos.

Desfalques

A próxima atividade será realizada na tarde desta segunda-feira. Ainda sem indicativo de qual escalação começará o primeiro tempo, as únicas certezas são os desfalques do zagueiro Emerson Santos (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), do lateral Iago e do atacante Paolo Guerrero (convocados, respectivamente, para as Seleções do Brasil e do Peru). O zagueiro Rodrigo Moledo e o volante Rodrigo Dourado também continuam de fora, ainda se recuperando de lesões.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Um robô cirúrgico está lacrado e sem uso há 6 anos em um hospital público de Brasília
Segundo especialistas, a moeda comum, sugerida por Bolsonaro para a América do Sul, vai contra o discurso da equipe econômica do presidente
Deixe seu comentário
Pode te interessar