Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Cloudy

Mundo Libaneses protestam contra o governo em Beirute

Compartilhe esta notícia:

Protestos violentos tomaram conta das ruas de Beirute

Foto: Reprodução de TV
Protestos violentos tomaram conta de Beirute. (Foto: Reprodução de TV)

Milhares de pessoas protestaram contra o governo do Líbano neste sábado (08) em Beirute. Elas culpam as lideranças políticas do país, que enfrenta uma grave crise econômica, pela grande explosão que matou mais de 150 moradores da cidade e deixou 6 mil feridos na terça-feira (04).

Os manifestantes, que tentaram invadir o Parlamento do país e entraram em confronto com a polícia, cobram das autoridades a responsabilidade pela tragédia, uma vez que o depósito com nitrato de amônio no porto não havia sido devidamente fiscalizado para evitar a explosão.

Diversas pessoas invadiram ministérios do governo do Líbano e danificaram os escritórios da Associação de Bancos Libaneses. Pelo menos um policial foi morto durante os conflitos e centenas de pessoas ficaram feridas.

Um líder da oposição defendeu que todos os parlamentares renunciem para que a população possa decidir como e quem deve ajudar a conduzir o país em seu processo de recuperação. O presidente Michel Aoun é acusado de negligência por libaneses revoltados com a explosão.

Na quinta-feira, em visita histórica a Beirute, o presidente da França, Emmanuel Macron, acenou com a realização de uma conferência internacional para levantar fundos para a reconstrução da cidade. Ele fez menção à corrupção do sistema político do país árabe. “Essa ajuda, eu garanto, não vai acabar em mãos corruptas. Vou falar com todas as forças políticas para pedir um novo pacto”, disse Macron.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Polícia faz buscas em matagais por criminosos que atacaram banco na Serra Gaúcha
Atividades da construção civil serão retomadas nesta segunda-feira em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar