Quinta-feira, 02 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
11°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul Barragens Taquarembó e Jaguari receberão recursos do governo federal

Compartilhe esta notícia:

Diretor Saenger, assessora Melina, secretário Stédile e o diretor do MDR, Stanley Rodrigues Bastos.

Foto: Juliana Bonnamain/SOP
Diretor Saenger, assessora Melina, secretário Stédile e o diretor do MDR, Stanley Rodrigues Bastos. (Foto: Juliana Bonnamain/SOP)

O secretário estadual de Obras e Habitação, José Stédile, esteve em agenda no MDR (Ministério do Desenvolvimento Regional), nesta semana, em Brasília. Na pauta a prospecção de recursos para o andamento das obras nas barragens Taquarembó e Jaguari, na região centro-oeste gaúcha. Conforme o titular da pasta, o governo federal comprometeu-se com o repasse de R$ 33 milhões no exercício 2019-2020 para a continuidade das obras.

Stédile esteve reunido na quarta-feira (11) com o diretor de recursos hídricos do MDR, Stanley Rodrigues Bastos. “O governo federal confirmou a destinação de R$ 25 milhões do orçamento de 2020 para as obras na barragem Taquarembó”, disse, em referência a barragem que já teve a primeira fase da obra concluída, sendo que a segunda parte conta com 26% de execução. Localizada em Dom Pedrito, a estrutura também atenderá aos municípios de Lavras do Sul e Rosário do Sul. As obras estão paralisadas desde 2017.

Em relação a construção da barragem Jaguari, conforme Stédile, o Palácio do Planalto também aportará recursos. “Para Jaguari o governo federal garantiu R$ 8 milhões entre o fim deste ano e o início de 2020”, disse.

A barragem conta com 90% da primeira fase concluída, enquanto a segunda está com 18% de execução. Os municípios beneficiados são Dom Pedrito, São Gabriel, Lavras do Sul, Santana do Livramento, Rosário do Sul e Cacequi, integrantes da Bacia Hidrográfica do Rio Santa Maria.

Stédile também esteve reunido com o deputado federal Alceu Moreira, que é presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Agropecuária. “Encaminhamos ao Congresso o pedido de R$ 30 milhões para serem investidos nas duas barragens”, informou o secretário, lembrando que a mesma demanda foi protocolada com o relator do Orçamento da União, deputado Domingos Neto. “São obras para elevar a qualidade de vida e promover o desenvolvimento regional”, completou Stédile.

Também presentes no roteiro, o diretor de barragens da SOP (Secretaria de Obras e Habitação), engenheiro Luiz Ricardo Saenger, o agente setorial da PGE na secretaria, Cesar Rigo, além da assessora da SGGE (Secretaria de Governança e Gestão Estratégica), Melina Drebes.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Posto de Autorização de Viagem no Aeroporto Salgado Filho será desativado
Dez municípios concentram 42,3% do PIB do RS, aponta levantamento
Deixe seu comentário
Pode te interessar