Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

Flávio Pereira Bolsonaro será o primeiro presidente da República a visitar a Expodireto

Compartilhe esta notícia:

Presidente Jair Bolsonaro confirmou para comitiva gaúcha presença no Estado para participar da Expodireto. (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente Jair Bolsonaro receberá dia 28 de fevereiro, em Não Me Toque, o Troféu Brasil Expodireto na categoria Liderança Nacional, pelo apoio ao Agronegócio. Bolsonaro confirmou presença ao presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, e estará na Expodireto, promovida pela Cotrijal, em Não-Me-Toque. Mânica esteve ontem em Brasília para entregar o convite oficial. Com ele, participaram da audiência solicitada pelo deputado federal gaúcho Ubiratan Sanderson, o embaixador da Expodireto, Paulo Sérgio Pinto, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Ernani Polo, e o superintendente Administrativo-Financeiro, Marcelo Ivan Schwalbert.

Alguns detalhes interessantes marcam esta edição da Expodireto: será a primeira vez, desde sua primeira realização no ano 2000, que um presidente da República visitará oficialmente a feira.

O outro fato importante: este ano, a Expodireto, de 1º a 5 de março, vai abrir o calendário das grandes exposições agropecuárias brasileiras, e será realizada em formato híbrido, em razão das medidas preventivas ao Covid-19.

Vacina do Doria tem eficácia de 50,3%

O governador de São Paulo, Joao Doria, não apareceu na entrevista coletiva para o anúncio do percentual de eficácia da vacina chinesa Coronavac.

O anúncio de que a eficácia da vacina alcança apenas 50,38% – pouco acima do mínimo de 50% exigido pela Anvisa – confirmou a falta de seriedade como o governo paulista vem tratando a questão, e explica porque na própria China a Coronavac não é utilizada. Lá, o governo optou pela vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinopharm em parceria com o Instituto de Produtos Biológicos de Pequim.

Na quinta-feira da semana passada, a equipe paulista havia lançado uma cortina de fumaça ao anunciar um índice de 78%, “para casos mais leves”.

Pressão no STF para liberar vacina chinesa

O partido Rede Sustentabilidade ingressou no Supremo Tribunal Federal para que a Anvisa libere em até 72h o registro da CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan, mesmo sem a documentação completa.

O pedido foi juntado na ação que tramita no Supremo sob a relatoria do ministro Ricardo Lewandowski que questiona aspectos da vacinação da população contra a Covid-19, também ajuizada pela Rede.

Bolsonaro: “Tem que passar pela Anvisa”

O presidente Jair Bolsonaro repetiu ontem que, “na marra”, não vai comprar nenhuma vacina sem certificação.

“A questão da vacina, não posso ser irresponsável e comprar a vacina que tiver na prateleira de qualquer país do mundo. Tem que passar pela Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Tem os protocolos”, afirmou na saída do Palácio da Alvorada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Líder da Frente Parlamentar da Agropecuária, o gaúcho Moreira anuncia apoio ao candidato anti-Bolsonaro na Câmara
Porto Alegre vai mudar o mantra do “fique em casa”, que domina postos de saúde
Deixe seu comentário
Pode te interessar