Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Light Rain

Brasil Chapecoense deverá indenizar pais de atleta vítima de acidente aéreo

Avião da empresa boliviana Lamia, fretado pela Chapecoense para transportar sua equipe. 71 pessoas morreram no acidente na Colômbia. (Foto: Divulgação)

Os pais do jogador da Chapecoense, Tiago da Rocha Vieira, deverão ser indenizados pelo clube por danos morais. Tiaguinho foi uma das vítimas do acidente aéreo ocorrido em 2016, na Colômbia. A decisão já havia sido tomada em primeira instância e, nesta sexta-feira (5), foi mantida por unanimidade, pelo Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 1ª Região.

Os valores apontados pela juíza Letícia Costa Abdalla são de R$ 80 mil ao pai do atleta e R$ 50 mil para a mãe de Thiaguinho, que também receberá pensão mensal. A magistrada entendeu que a Chapecoense deve se responsabilizar pelo fato como acidente de trabalho. Porém, a defesa alega que o clube não é culpado, pois não praticava atividade de risco.

A tragédia

No dia 29 de novembro de 2016, a equipe da Chapecoense voava à Colômbia para jogar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. O avião, da empresa aérea Lamia, caiu em Medellin, e sobreviveram apenas seis pessoas, dentre as 77 que estavam a bordo, entre atletas, equipe técnica, diretoria, jornalistas e convidados.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Com resposta sobre eclipse, Burger King provoca McDonald’s mais uma vez
Bolsonaro recebe lista tríplice para indicar o procurador-geral da República, mas não se compromete em segui-la
Deixe seu comentário
Pode te interessar