Sexta-feira, 23 de julho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Começa a vacinação contra o coronavírus para os porto-alegrenses de 53 anos

Compartilhe esta notícia:

A imunização será feita em 12 unidades de saúde, das 8h às 17h, e no drive-thru da PUCRS, das 9h às 17h.

Foto: Divulgação/PMPA
Professores e funcionários da UFRGS também passam a ser contemplados nesta terça-feira. (Foto: Luciano Lanes/PMPA)

Nesta terça-feira (15), a campanha de vacinação contra o coronavírus em Porto Alegre avança junto ao público em geral, passando a contemplar também homens e mulheres com idade de 53 anos. O serviço será oferecido em 12 unidades de saúde (8h às 17h) e no drive-thru da PUCRS (9h às 17h), com o imunizante de Oxford-Astrazeneca.

Também prossegue a campanha para os segmentos já contemplados na fase atual, com aplicação de primeira e segunda dose: pessoas com comorbidades ou deficiência permanente, gestantes e puérperas (com o fármaco da Pfizer), profissionais da saúde, trabalhadores da educação infantil e ensinos fundamental, médio, profissionalizante e superior.

No que se refere a esse último, começa a imunização para os funcionários e professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com a injeção disponível na própria instituição.

O público em geral tem que apresentar documento de identidade com foto e CPF, além do comprovante de residência em Porto Alegre. Na segunda dose, também é preciso portar a cartela com o registro da primeira injeção.

Para os trabalhadores da educação, é necessário também um contracheque atual, sendo aceitos também crachá profissional e declaração da instituição de ensino.

Pessoas com comorbidades, por sua vez, precisam exibir atestado ou laudo médico (original e cópia, que fica retida no local de vacinação) ou prescrição de medicamentos de uso contínuo, conforme cada caso.

Da mesma forma, quem possui deficiência permanente tem como exigência um documento que comprove a condição. Pode ser inclusive o cartão de transporte público ou de estacionamento especial.

Para grávidas e puérperas com comorbidades é solicitada a carteira de gestante – se não houver comorbidade, o atestado médico é obrigatório.

Outro aspecto importante a salientar é que os indivíduos que receberam a dose da vacina contra gripe precisam aguardar ao menos 14 dias para buscar a primeira ou segunda aplicação de imunizante contra a covid. O primeiro dia a ser contado é o seguinte ao da injeção.

Oxford e 1ª dose da Pfizer

– Drive-thru da PUCRS: Avenida Ipiranga, 6681 (entrada ao lado do Museu da universidade), bairro Jardim Botânico;
– Posto de saúde Álvaro Difini – Rua Álvaro Difini, 520 – Bairro Restinga;
– Posto de saúde Belém Novo – Rua Florêncio Farias,195 – Bairro Belém Novo;
– Posto de saúde Camaquã – Rua Professor Dr. Pitta Pinheiro Filho, 176 – Bairro Camaquã;
– Posto de saúde Glória – Avenida Professor Oscar Pereira, 3229 – Bairro Glória;
– Posto de saúde IAPI – Rua Três de Abril, 90 – Bairro Passo das Pedras;
– Posto de saúde Moab Caldas – Avenida Moab Caldas, 400 – Bairro Santa Tereza;
– Posto de saúde Modelo – Rua Jerônimo de Ornelas, 55 – Bairro Santana;
– Posto de saúde Morro Santana – Rua Marieta Menna Barreto, 210 – Bairro Protásio Alves;
– Posto de saúde Assis Brasil – Avenida Assis Brasil, 6615 – Sarandi;
– Posto de saúde Santa Cecília – Rua São Manoel, 543 – Bairro Santa Cecília;
– Posto de saúde Santa Marta – Rua Capitão Montanha, 27 – Centro;
– Posto de saúde São Carlos – Av. Bento Gonçalves, 6670 – Bairro Partenon.

Pfizer 2ª dose

– Posto de saúde Panorama – Rua Rômulo da Silva Pinheiro, s/nº – Lomba do Pinheiro;
– Posto de saúde Assis Brasil – Avenida Assis Brasil, 6615 – Sarandi;
– Posto de saúde Belém Novo – Rua Florêncio Faria, 195.

Pessoas em situação de rua

A vacinação contra a Covid-19 para a população em situação de rua prossegue no Consultório na Rua, que fica no Centro de Saúde Santa Marta (rua Capitão Montanha, 27, térreo, Centro Histórico). Equipes da Fasc (Fundação de Assistência Social e Cidadania) estão fazendo a abordagem e orientando para a necessidade da imunização.

É necessário apresentar documento de identificação com foto ou cópia. Caso não tenha, pode informar o nome completo, pois as equipes de saúde pesquisam no sistema o número do CPF ou CNS. O Plano Municipal de Vacinação prevê o total de 3 mil doses em Porto Alegre para esse público.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Copa América registra 41 casos de coronavírus, confirma Ministério da Saúde
Saiba como foi o primeiro dia de controle sanitário no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar