Sexta-feira, 07 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre

Rio Grande do Sul Conclusão da reforma na Penitenciária Modulada Estadual de Osório duplica as vagas do semiaberto

Compartilhe esta notícia:

Recursos para reforma e melhorias foram provenientes do aluguel da cantina. (Foto: Antônio Bavaresco/Ascom Seapen)

As obras de recuperação, ampliação e revitalização do módulo do semiaberto da Penitenciária Modulada Estadual de Osório foram finalizadas. A apresentação das benfeitorias foi feita pelo diretor da casa prisional, Amadeus Júnior, para o secretário da Administração Penitenciária, Cesar Faccioli, e o superintendente dos Serviços Penitenciários, Cesar da Veiga.

Estiveram presentes o titular da 1ª Delegacia Penitenciária Regional (1ª DPR), Benhur Calderon, o prefeito de Tramandaí, Major Gauto, a juíza da Vara de Execução Criminal (VEC) de Osório, Anna Alice da Rosa Schuh, e a promotora de Justiça, Cristiane Corrales, além de representantes da Delegacia Regional de Polícia e da Delegacia de Polícia de Tramandaí.

As obras foram iniciadas em 18 de maio e levaram cerca de 45 dias para serem concluídas, ao custo de R$ 30 mil, oriundos da verba do aluguel da cantina. A VEC contribuiu com uma verba de R$ 15 mil para a reforma e equipagem das salas de teleaudiências. O Estado não precisou aportar nenhum valor. Ao todo, 18 apenados trabalharam nas reformas, que resultaram em melhorias e ampliações de espaço de diversas dependências da casa prisional, reforço na segurança com o novo cofre de armas e mais potencial para realização de audiências, sem necessidade de escolta e deslocamento externo.

“Estamos praticamente dobrando nossa capacidade, indo de 35 vagas à época do incêndio, em 2018, para 70”, afirmou o diretor da casa. O delegado da 1ª DPR elogiou o resultado. “Ficou bem funcional e um ambiente mais adequado para os apenados, além de possibilitar um melhor tratamento penal. Em seguida, já vamos dar início a uma horta”, destacou Calderon.

Faccioli lembrou que “no universo profissional existem aquelas pessoas que são boas em diagnósticos e aquelas que são melhores em realizações. E há raros exemplos daqueles que têm essas duas qualidades. É o caso do diretor Amadeus e de toda a sua equipe, sem dúvida”, afirmou.

O secretário agradeceu a parceria do Judiciário e de todos que colaboraram para a obra, registrando, ainda, a participação do Ministério Público, da Polícia Civil e da prefeitura de Tramandaí no ato, simbolizando a integração dos entes públicos na empreitada coletiva de qualificar o sistema prisional e, em consequência, a segurança pública.

Veiga ressaltou a capacidade de iniciativa da direção da casa em buscar soluções para os problemas. “Precisamos mesmo de pessoas com essas características resolutivas, que vão atrás de alternativas e melhorem os resultados”, elogiou.

Melhorias: Reforma do pátio do semiaberto; Reforma em cela que será destinada a presos que precisarem ser isolados por Covid-19; Reforma em alojamentos do segundo módulo; Reforma no espaço anexo ao alojamento, corrigindo problemas que causavam alagamentos; Reforma e pintura da fachada; Novo cofre de armas; Novas salas de videoaudiência; Nova sala de monitoramento eletrônico; Duas novas cozinhas, na área do semiaberto.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, 10 mil peças doadas para a Campanha do Agasalho vão passar por sanitização para eliminar vírus e bactérias
Primeiro dia de restrições teve pouco movimento em parques e praças de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar