Segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Grêmio Denis Abrahão faz duras críticas à arbitragem e presidente da CBF: “Querem me calar mas não vão”

Compartilhe esta notícia:

Denis Abrahão falou com a Rádio Grenal após o empate diante do Flamengo por 2 a 2

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Na manhã desta quarta-feira (24), após o empate contra o Flamengo em 2 a 2, o vice de futebol do GrêmioDenis Abrahão, falou com exclusividade na Rádio Grenal. O dirigente fez duras críticas a arbitragem brasileira e também ao presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues.

Por conta da expulsão de Jhonata Robert diante dos cariocas, Abrahão externou fazer parte de uma sequência de erros contra o Grêmio nos últimos jogos. “A gente está lá trabalhando, se esforçando, se dedicando, tentando mobilizar o grupo e aí um pequeno detalhes eles (arbitragem) vão minando o campo de jogo”. falou.

Denis Abrahão explicou ter sido um árbitro gaúcho, o quarto auxiliar, que indicou a expulsão do jogador gremista. Porém, contestou que Vitinho “No mínimo quatro vezes mandou o juiz para aquele lugar e nem cartão recebeu”“Está tudo sob suspeita, rapaz. O que é isso? Estão nos tirando para trouxas!”, completou.

Apesar do dirigente acreditar friamente na recuperação gremista e opinar que o clube está vivo na competição, o VP de futebol tricolor chamou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, de “matreiro, malandro”. E as críticas não pararam por aí: “Eles querem me calar mas não vão me calar!”.

Mesmo com as críticas, Denis Abrahão explicou não ter um alvo: “Eu não sou contra ninguém, eu não costumo trabalhar com hipóteses, eu costumo trabalhar com fatos verdadeiros. É isso que machuca o dirigente, porque não se imagina o trabalho que temos dentro do vestiário”.

O dirigente apontou ser uma reclamação de todos em relação aos árbitros no Brasil. “Os próprios árbitros FIFA, que hoje são comentaristas de arbitragem, contestam”, questionou. E explicou os motivos em não ter papas na língua: “Eu sou muito verdadeiro e não sei fazer enfeites com as palavras”.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Grêmio

Mancini elogia reação gremista e ressalta: “Vi um Flamengo que vendeu caro o empate”
Bahia x Grêmio: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Deixe seu comentário
Pode te interessar