Segunda-feira, 08 de Março de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Partly Cloudy

Dad Squarisi Deuses e vaidades

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução)

Segundo a lenda, Rômulo, o primeiro rei de Roma, criou o primeiro calendário – com 10 meses. Começava em março e terminava em dezembro. Pompílio, o sucessor, acrescentou janeiro e fevereiro. Mas os pôs no fim da lista. Mais tarde, os caçulinhas mudaram de lugar. Viraram primeiros.

Os meses têm pai e mãe

Por que janeiro se chama janeiro? Pela mesma razão que fevereiro se chama fevereiro, março se chama março e os demais meses se chamam como se chamam. É que eles não são filhos de chocadeira. Têm origem conhecida e o nome registrado em cartório.

Janeiro

O primeiro mês do ano homenageia Jano. O deus romano tem duas caras. Uma olha pra frente. A outra, pra trás. A primeira abre as portas dos 365 dias que se iniciam. A segunda as fecha para o ano que se despede. Janela, que também abre e fecha, pertence à família do entra e sai.

Fevereiro

O segundinho, que tem menos dias que os irmãos, se inspira em Februa, deus da purificação dos mortos.

Março

Epa! Marte, o deus da guerra, originou vários nomes na nossa língua de todos os dias. Um deles é março. Outros, Márcio e Márcia. Marciano também. E marcial? Idem.

Abril

Todos a amam e todos a querem. Trata-se de Vênus, a deusa do amor e da entrega. Em homenagem a ela, criou-se aprilis. Trata-se da comemoração sagrada dedicada à musa olímpica. Daí nasceu abril.

Maio

A primavera no Hemisfério Norte corresponde ao nosso outono. Com inverno rigoroso, os campos se cobrem de neve, e a agricultura sofre. As comemorações que se faziam depois do frio reverenciavam Maia e Flora – deusas do crescimento de plantas e flores.

Junho

Hera em grego. Juno em latim. Ela era a primeira-dama do Olimpo. Defensora incondicional do casamento, ao descobrir as traições do marido, Zeus, não punha em risco o próprio lar. Punia a outra. Passou a ser considerada a protetora da maternidade. Para render-lhe loas, junho se chama junho.

Julho

Julho era o quinto mês do ano antes de janeiro e fevereiro mudarem de lugar. Chamava-se quintilis. Mas, em 44 a.C., mudou de nome por causa de Júlio César. O grande líder romano foi assassinado por gente de casa, Brutus, o próprio filho. Mas não caiu no esquecimento. Ganhou lugar cativo na história e no calendário.

Agosto

Agosto, que rima com desgosto, serve de prova da ciumeira. Por ser o sexto mês do ano, chamava-se sextilis. Mas, como julho balançou o calendário, o primeiro imperador de Roma, sucessor de Júlio César, não ficou atrás. “Eu também quero”, disse ele. Levou. Agosto se chama agosto em homenagem a Augustus.

Setembro, outubro, novembro e dezembro

O quarteto não estava nem aí para a mudança de janeiro e fevereiro. Eles mantiveram o nome. Setembro, do latim septe, era o sétimo mês do ano. Outubro, de octo, o oitavo. Novembro, de nove, o nono. Dezembro, de decem, o décimo.

Gregoriano

Ufa! Até chegar à forma de hoje, o contar dos meses sofreu muitas alterações. Com elas, falhas foram corrigidas. A última mexida, do papa Gregório XIII, ocorreu em 1582. Por isso nosso calendário se chama gregoriano.

Sem bobeira

O nome dos meses se escreve com inicial minúscula. O dos dias da semana também: janeiro, fevereiro, março, segunda-feira, terça-feira, quarta-feira, sábado e domingo.

Com pedigree

Quando se refere a data comemorativa, o mês entre em outra equipe. Torna-se substantivo próprio: 1º de Maio, 7 de Setembro.

Eta vida boa

Verão combina com sol. Sol pede sombra, água fresca e óculos escuros. Com eles enfrentamos a claridade da praia e da serra, destino de quem tira folga da cidade pra gozar merecidas férias.

Ao falar no assunto, lembre-se. Férias e óculos jogam no time que tem mania de grandeza. As duas palavras só se usam no plural. Não há meio-termo. É plural ou plural: Nas férias, uso óculos escuros. Onde estão meus óculos? Esqueci os óculos na gaveta. Felizes férias!

Leitor pergunta

“Bem-vindo ou bem vindo?” (Carlos André, Goiás)

Bem-vindo se escreve assim mesmo – com hífen.

 

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Dad Squarisi

Eterno retorno
Recado 
Deixe seu comentário
Pode te interessar

Colunistas Acerte sempre

Dad Squarisi Fura-fila & cia