Sábado, 04 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Rio Grande do Sul O Rio Grande do Sul recebeu 140 respiradores do Ministério da Saúde

Compartilhe esta notícia:

Os equipamentos encaminhados ao Estado são do modelo beira-leito, usados em UTIs.

Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini
Os equipamentos encaminhados ao Estado são do modelo beira-leito, usados em UTIs. (Foto: Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

O Rio Grande do Sul ganhou mais um esforço de equipamentos para a rede pública hospitalar. Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais nesta segunda-feira (29), o governador Eduardo Leite anunciou o recebimento de 140 respiradores modelo beira-leito (usados em UTIs) enviados pelo Ministério da Saúde.

Os equipamentos chegaram ao Estado no domingo (28). Ao longo desta semana, a Secretaria da Saúde definirá, de acordo com critérios previamente definidos, quais municípios receberão os respiradores. Do total de 140, 112 respiradores já estão com destino definido.

“Destaco o importante apoio do Ministério da Saúde que, mesmo com trocas de titulares, têm mantido firmeza no suporte técnico aos Estados. Com essa leva, atingiremos mais rápido nossa meta de chegarmos aos 1,9 mil leitos de UTI no Rio Grande do Sul, uma ampliação de 100% da estrutura da rede pública hospitalar”, afirmou o governador.

Na primeira quinzena de junho, o Estado recebeu 130 respiradores, também do Ministério da Saúde, que começaram a ser distribuídos aos hospitais gaúchos. No total, o governo federal já enviou 270 respiradores, dos quais 30 foram repassados ao município de Porto Alegre. Desse total, 220 são do modelo beira-leito.

“Esse reforço chegou em boa hora porque se faz necessário ampliar a meta de novos leitos de UTI. Esses respiradores serão entregues a hospitais que já contam com cama, monitores, bomba de infusão, espaço e equipe adequada para que, de fato, possamos instalar os novos leitos. Esse foi o critério que utilizamos ao olhar para a rede hospitalar”, detalhou a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Os equipamentos são fundamentais no enfrentamento à Covid-19, porque ajudam pacientes com dificuldades para respirar, e o uso é indicado nos casos graves da doença.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Ministério Público do Rio de Janeiro requer ao Supremo que casse decisão que estendeu foro a Flávio Bolsonaro
Defesa Civil emite alerta para possibilidade de temporais no RS
Deixe seu comentário
Pode te interessar