Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Colunistas Exército poderá permanecer nas obras da BR-116 assumindo novos lotes

Compartilhe esta notícia:

Presidente Jair Bolsonaro elogia trabalho do Exército na BR-116. (Foto: Reprodução)

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul. O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

A qualidade e a pontualidade do trabalho realizado pelo Batalhão de Engenharia na BR-116 no Rio Grande do Sul fará com que o Exército venha a assumir mais um lote das obras de duplicação da rodovia, que possui um total de 211 km, divididos em nove lotes. Desde o ano passado, o Exército Brasileiro trabalha em dois lotes. Na inauguração de mais um trecho, na última quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro revelou que o Exército, através do 1° Batalhão de Engenharia, poderá assumir mais um lote. Já são 120 km duplicados desde agosto de 2019.

Na ultima quinta-feira, Jair Bolsonaro elogiou publicamente o trabalho feito pelos militares no canteiro de oras da BR-116:

“Esses homens e mulheres que estão aqui trabalham na verdade de segunda a sábado, e domingo faz manutenção, ou seja: trabalha também domingo.”

Confisco de vacinas vai evitar politicagem de Doria

Para evitar o uso político de qualquer vacina, inclusive pelo governador de São Paulo João Doria, o Governo Federal poderá valer-se da legislação vigente e confiscar vacinas para distribuí-las de forma igualitária entre todos os brasileiros. A informação circulou ontem em todo o país, a partir de uma nota publicada pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado:

“Toda e qualquer vacina registrada, produzida ou importada no país será requisitada, centralizada e distribuída aos Estados pelo Ministério da Saúde. Pazuello me informou isso aqui em Goiânia, hoje. Nenhum Estado vai fazer politicagem e escolher quem vai viver ou morrer de Covid.”

Fux sinaliza punição rigorosa para desvios na saúde

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, ao falar na Academia da Polícia Federal em Brasília, fez ontem uma sinalização sobre o rigor que o Judiciário aplicará no exame de casos de corrupção e desvios na saúde durante a pandemia do coronavírus:

“Os donos do poder receberam dinheiro para comprar equipamentos e compraram equipamentos inúteis, desviaram esse dinheiro. Isso não tem perdão. Não pode ter nenhum tipo de leniência, absolutamente.”

Governo de Porto Alegre começa a ser montado

O prefeito eleito de Porto Alegre deverá utilizar dois vereadores do MDB no primeiro escalão do seu governo. Cezar Schirmer e Lourdes Splenger serão secretários e abrirão vaga para uma renovação na Câmara de Vereadores, com dois jovens suplentes: Pablo Melo e Camila Nunes.

No início do governo, Melo deverá manter alguns dos atuais secretários em áreas onde ainda não definiu novos nomes.

Luciano Hang veio a Pelotas protestar

O empresário Luciano Hang, dono da rede de Lojas Havan, deslocou-se ontem desde a sede da empresa em Brusque (SC) até Pelotas, para promover um protesto defronte a prefeitura, que interditou sua loja na cidade. Hang fez duras críticas à prefeita Paula Mascarenhas.

Ele criticou o rigor da fiscalização local, e ao retornar ao aeroporto, recebeu de guardas municipais, uma autuação por ter promovido a aglomeração defronte a sede da prefeitura, no centro de Pelotas.

Esta coluna reflete a opinião de quem a assina e não do Jornal O Sul.
O Jornal O Sul adota os princípios editorias de pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independência.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Resgatando a feminilidade
Fiel da balança
https://www.osul.com.br/exercito-podera-permanecer-nas-obras-da-br-116-assumindo-novos-lotes/ Exército poderá permanecer nas obras da BR-116 assumindo novos lotes 2020-12-12
Deixe seu comentário
Pode te interessar