Segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Showers in the Vicinity

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Acontece Fenarroz será realizada de 12 a 17 de outubro de 2021, em Cachoeira do Sul

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Divulgação/ Facebook/ Fenarroz)

Vem aí, a 21ª Feira Nacional do Arroz (Fenarroz), um dos maiores eventos orizícolas da América Latina, no próximo mês. A feira será realizada de 12 a 17 de outubro de 2021, no Parque Dr. Ivan Tavares, em Cachoeira do Sul. O objetivo central é promover e integrar o desenvolvimento econômico, social e ambiental, além de expor as oportunidades e desafios da cadeia produtiva do arroz.

“A Fenarroz é voltada para a cadeia produtiva do arroz e de outras culturas também, como soja, noz-pecã, olivos, são várias culturas da nossa região da metade Sul do Rio Grande, que são levadas para o público do agronegócio com a realização do evento”, explicou o presidente da Fenarroz, coronel Francisco Vargas.

A Fenarroz proporciona que as maiores empresas do setor orizícola do Brasil e de vários países do mundo lancem seus novos produtos. Até a realização da feira, grande parte dos expositores mantém sob sigilo lançamentos de máquinas, equipamentos e implementos para apresentarem em primeira mão aos clientes durante a feira.

“A nossa Fenarroz se caracteriza sempre por um vasto trabalho na área técnica com palestras, desenvolvimentos de workshops, seminários, além de todo um parque de exposições onde é comercializado toda a parte de tecnologia que é usada na lavoura, maquinários, implementos, insumos, tudo que tem de novo é lançado na Fenarroz“, destacou Vargas.

Protocolos de segurança

A feira seguirá todas as recomendações das autoridades sanitárias, o distanciamento controlado estabelecido pelo Estado do Rio Grande do Sul, bem como medidas que vierem a ser estabelecidas pela Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul, evitando aglomerações e priorizando sempre as atividades no formato virtual.

“Nós estamos seguindo os protocolos de segurança sanitária aos moldes da Expointer porque a gente ainda está em momento de pandemia, mas a gente terá atividades presenciais e virtuais. A feira vem em um formato híbrido, nós estamos com as redes, com os canais de divulgação em prática, para que todos os eventos sejam transmitidos, desde palestras, shows culturais e também o que nós temos no parque de exposição e comercialização”, contou Vargas.

Segundo o presidente da Fenarroz, o protocolo sanitário está sendo projetado na casa de cinco mil pessoas por dia que poderão circular no espaço, sendo mil de expositores e equipe de trabalho e mais quatro mil visitantes.

Expectativa

Em sua 21ª edição, a Fenarroz trará novas tecnologias para o setor com oportunidade de rodadas de negócios. Haverá também atrações culturais, gastronomia e feira comercial. O evento irá reunir em um só local todo o universo da orizicultura, desde o produtor, insumos, logística, máquinas, exportação, mercado vendedor e consumidor, com expectativa de comercialização da área de exposição devendo, mais uma vez, atingir 100% de ocupação.

A feira contará ainda com missões empresariais com compradores internacionais, Feira de Máquinas e Implementos Agrícolas, rodadas de negócios e atividades técnicas, quando serão debatidos temas como Gestão e logística na cadeia produtiva do arroz, políticas públicas de diversificação de uso e qualidade do arroz pós-colheita e qualidade; Mercado Externo e Interno. “Mesmo com a pandemia, nós temos a perspectiva de uma grande feira. A expectativa é que 30 mil pessoas visitem o parque nos seis dias de feira”, finalizou Vargas .

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

Sicoob planeja abrir mais 112 agência em 2022 no Rio Grande do Sul
ACERGS participou pela 1ª vez da Expointer
Deixe seu comentário
Pode te interessar