Quarta-feira, 29 de maio de 2024

Porto Alegre

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Acontece Gilberto Porcello Petry representa a CNI na Feira de Hannover

Compartilhe esta notícia:

Evento de tecnologia industrial começa em 22 de abril, na Alemanha.

Foto: Divulgação/Fiergs
Fiergs acompanha a evolução das medidas econômicas do governo Lula. (Foto: Divulgação/Fiergs)

As mais recentes tecnologias e respostas concretas de empresas globais aos desafios industriais estarão na Feira de Hannover 2024, entre 22 e 26 de abril, na Alemanha, destacando os temas Inteligência Artificial e Machine Learning, Produção Carbono Zero, Energia, Indústria 4.0 e Manufatura-X, Células de Hidrogênio e Células Combustíveis. O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS) e vice-presidente executivo da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Gilberto Porcello Petry, representa a CNI neste que é considerado o principal encontro de tecnologia industrial do mundo. Um dos pontos altos da programação é o Fórum de Investimentos Brasil- Alemanha: Atualizando a Parceria Bilateral, no dia 22.

Petry lidera a delegação brasileira com 241 participantes, 81 deles do Rio Grande do Sul, incluindo a comitiva do Governo do Estado. “Diversas iniciativas da indústria brasileira estão voltadas para a economia de baixo carbono, um dos principais temas a serem tratados em Hannover. Mas não é apenas isso. Quem visita a feira conhece as tendências mundiais, tecnologias e métodos inovadores que fazem a diferença e podem acrescentar competitividade às empresas. Além disso, é a chance de realizar contato com potenciais parceiros internacionais e futuros fornecedores”, afirma Gilberto Porcello Petry.

O tema deste ano é Energizando uma Indústria Sustentável. Voltadas a essa discussão, grandes empresas mundiais dos setores mecânico, elétrico, digital e de energia irão expor e demonstrar como desenvolvem tecnologias e inovações para uma indústria mais eficiente, sustentável e inteligente. O país parceiro, a Noruega, também apresenta na Alemanha soluções de energia e um pavilhão dedicado ao hidrogênio, com foco em cadeias de valor sustentáveis, como baterias, energias renováveis offshore e captura e armazenamento de carbono (CCS, ferramenta capaz de amenizar os impactos das emissões de dióxido de carbono na atmosfera).

O Brasil foi país parceiro da Feira de Hannover em 1980 e está convidado para que volte a ocupar a posição em 2025. A política de comércio exterior da Alemanha tem se pautado por critérios da sustentabilidade, e por isso o Brasil se apresenta como parceiro importante, com elementos para se destacar de forma positiva.

A programação de atividades da missão brasileira inclui circuitos guiados, visitas técnicas à feira e à sede de empresas como Airbus (dia 23), Mercedes-Benz (24) e Claas (25). A Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul montou no centro de convenções um estande de apoio para dar suporte à comitiva da missão, que é coordenada pela FIERGS, com apoio da CNI e da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG). Estarão presentes participantes do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Maranhão, Santa Catarina, São Paulo, Ceará e Distrito Federal.

FÓRUM – Logo no primeiro dia da feira, a partir das 13h, no Centro de Convenções de Hannover, a programação oficial brasileira abre com o Fórum de Investimentos Brasil- Alemanha: Atualizando a Parceria Bilateral, realizado pela CNI e pela Federação das Indústrias Alemãs (BDI). Juntamente com Petry, integram o Fórum o embaixador do Brasil na Alemanha, Roberto Jaguaribe; o presidente da BDI, Siegfried Russwurm, e o CEO da Deutsche, Jochen Köckler, entre outros convidados.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que participa de parte da agenda brasileira em Hannover, estará na apresentação sobre Projetos Regionais para a Transição Verde, ao lado do secretário de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, Fernando de Avelar, e do presidente da Invest Minas, João Paulo Santos. No painel Energias Renováveis e Transição Verde, a participação será do presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Márcio de Lima Leite.

O encerramento do Fórum, seguido de rodada de networking, se dá com Gilberto Porcello Petry e o presidente da FIEMG, Flávio Roscoe.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Acontece

ABPA, SIPS e ASGAV promovem churrasco com aves e suínos na Expochurrasco
Badesul aporta R$ 800 mil no projeto da maior tirolesa urbana do mundo, em Feliz
https://www.osul.com.br/gilberto-porcello-petry-representa-a-cni-na-feira-de-hannover/ Gilberto Porcello Petry representa a CNI na Feira de Hannover 2024-04-19
Deixe seu comentário
Pode te interessar