Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Rio Grande do Sul Jairo Jorge comandará a prefeitura de Canoas pela terceira vez

Compartilhe esta notícia:

Jornalista e político de 57 anos também já foi ministro interino da Educação (Foto: Divulgação)

O ex-prefeito Jairo Jorge (PSD), 57 anos, voltará ao comando do Executivo de Canoas (Região Metropolitana de Porto Alegre). Ele obteve 82.137 dos votos válidos (53,06%), enquanto o atual mandatário Luiz Carlos Busato (PTB), 72 anos, recebeu 72.649 votos (46,94%) – mas não pode ir às urnas neste domingo (29), pois está com coronavírus.

No primeiro turno, ambos haviam superado outros sete postulantes ao comando da cidade, a terceira cidade mais populosa do Rio Grande do Sul (aproximadamente 348 mil habitantes). O político do PSD, que terá como vice Doutor Nedy (Solidariedade), já havia liderado a preferência do eleitorado no primeiro turno, com 71.968 votos (45,2%).

Jornalista com passagens por veículos como a TVE (Televisão Educativa), Jairo Jorge Antes, exerceu mandato de vereador na legislatura 1989-1993, como o mais votado para a Câmara Municipal na época). Ele, que já havia concorrido a prefeito em 1985, posteriormente conseguiria se eleger duas vezes consecutivas para o comando do Executivo: 2008 e 2012.

Também integrou a equipe do então prefeito porto-alegrense Tarso Genro em 2001 e foi ministro interino da Educação em 2004, durante a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em seu currículo consta, ainda, a atividade como pró-reitor da Ulbra (Universidade Luterana do Brasil) em 2006-2007.

Discurso

Por volta das 19h, o prefeito eleito de Canoas se encontrou com parceiros políticos no comitê central de campanha. Em seguida, discursou do alto de um caminhão de som, com mensagens de agradecimento e promessas como a de que vai “governar próximo aos moradores”.

“A partir de janeiro, vai ter prefeito na praça, no trem… porque prefeito ‘de gabinete’ não resolve, e sim o que está na rua. Canoas vai voar!”, declarou ao microfone.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Nove pessoas são presas pela Brigada Militar por crimes eleitorais no 2º turno
Caxias do Sul terá Adiló Didomenico como prefeito
Deixe seu comentário
Pode te interessar