Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
26°
Fair

Rio Grande do Sul Caxias do Sul terá Adiló Didomenico como prefeito

Compartilhe esta notícia:

Comerciante e ex-vereador tem 68 anos, já foi vereador e secretário municipal. (Foto: Reprodução/Facebook)

Com 136.590 votos (59,57%), o comerciante e ex-vereador Adiló Didomenico (PSDB), de 68 anos, foi eleito neste domingo (29) para comandar pelos próximos anos a prefeitura de Caxias do Sul (Serra Gaúcha), segunda cidade mais populosa do Estado (517 mil habitantes). Ele derrotou Pepe Vargas (PT), que já exerceu o cargo por dois mandatos consecutivos, de 1997 a 2005 e desta vez obteve 92.707 votos (40,43%).

Os dois candidatos haviam concentrado a preferência do eleitorado no primeiro turno, quando superarem outros nove postulantes ao cargo. Na ocasião, porém, Pepe recebeu 75.211 votos (34,2%), seguido pelos 33.961 de Adiló (15,44%).

Com atividades no comércio por quase quatro décadas na Região, Adiló Didomenico é natural de Marau e vive em Caxias do Sul desde os 17 anos. Ele iniciou a sua trajetória na política em 1974, com a militância na política estudantil. De 1989 a 1997, presidiu o Codeca (Conselho Administrativo da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul), órgão que presidiu entre 2005 e 2012.

Em 2012 e 2016, elegeu-se vereador pelo PTB, sigla do qual era um dos fundadores locais em 1988 e a qual deixou, em abril de 2020, migrando para o PSDB. Também foi titular da Secretaria Municipal de Obras e Serviços, até 2016.

A candidatura a prefeito contou com o apoio de seu ex-partido, em uma coligação que também incluiu PSC, Pros e Solidariedade – o MDB, PSD e Patriotas aderiram no segundo turno.

Parceira de chapa

A vice-prefeita será a psicóloga Paula Ióris, também do PSDB e que atualmente exerce mandato de vereadora. Ela ingressou na política em 2014, como a segunda parlamentar mais votada de Caxias do Sul, dois anos depois de ter um filho adolescente assassinado na casa de um amigo (que também morreu), em um crime cometido por vingança contra o dono da residência.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Jairo Jorge comandará a prefeitura de Canoas pela terceira vez
Paula Mascarenhas é reeleita para a prefeitura de Pelotas
Deixe seu comentário
Pode te interessar