Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Cloudy

Mundo México fica sem papel para impressão de certidões de óbito após mortes pelo novo coronavírus

Compartilhe esta notícia:

Governo anunciou envio de mais de 1 milhão de folhas aos cartórios desabastecidos. País tem mais de 66 mil mortos por Covid-19

Foto: Reprodução
Governo anunciou envio de mais de 1 milhão de folhas aos cartórios desabastecidos. País tem mais de 66 mil mortos por Covid-19. (Foto: Reprodução)

Por falta de material, parte do México ficou sem ter como imprimir novas certidões de óbito, informou o governo local nesta sexta-feira (04).

Autoridades mexicanas atribuem o problema ao excesso de mortes pela Covid-19: a doença causada pelo novo coronavírus matou mais de 66 mil pessoas no país, o quarto maior número de vítimas da pandemia em dados absolutos.

Segundo o governo, as certidões chegaram a faltar em cartórios da Baja California, no noroeste, e do Estado de México, que ocupa parte da periferia da capital mexicana. Na Cidade do México, o material estava prestes a acabar nos próximos dias.

Nesta sexta, o subsecretário de Prevenção e Promoção de Saúde do México, Hugo López-Gatell, anunciou o envio do carregamento de 1,1 milhão de papéis próprios para a impressão das certidões de óbito a essas localidades.

Esses certificados precisam ser impressos com dispositivos próprios de segurança, como um carimbo próprio com o selo nacional. A medida serve para evitar falsificações – prática comum no passado.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

O governo do Japão disse que arcará com custo de vacinas contra o coronavírus para a população
Índia supera 4 milhões de infectados e se aproxima do Brasil em casos de coronavírus
Deixe seu comentário
Pode te interessar