Quarta-feira, 19 de junho de 2024

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui


Brasil Ministério do Planejamento adia 2ª fase de concurso para analista do órgão devido a desastre no RS

Compartilhe esta notícia:

Provas passam de 9 de junho para 7 de julho. (Foto: EBC)

O Ministério do Planejamento decidiu adiar as provas discursivas do concurso que pretende preencher cem vagas de analista de planejamento e orçamento. O adiamento desta segunda fase da seleção se deve às fortes chuvas que continuam a atingir o Rio Grande do Sul. Inicialmente previstas para o dia 9 de junho, as provas foram remarcadas para 7 de julho.

“O objetivo é priorizar a segurança, o bem-estar e a igualdade de condições de todos os envolvidos no processo”, disse a pasta em nota.

A informação sobre o adiamento das provas discursivas foi publicada nesta sexta-feira no Diário Oficial da União, em edital que traz o novo cronograma e a relação dos candidatos aprovados nas provas objetivas realizadas em 28 de abril. Desta maneira, o Planejamento se une a diversos órgãos que adiaram os concursos devido ao desastre no Rio Grande do Sul, como o Banco Central (BC) e o Inmetro.

A remuneração inicial para o cargo de analista é de R$ 20.924,80, podendo chegar a R$ 29.832,94 ao fim da carreira. Os profissionais classificados vão trabalhar em Brasília (DF).

Concurso unificado

O Concurso Público Nacional Unificado (CNPU), adiado por conta da calamidade climática no Rio Grande do Sul, será em 18 de agosto. Previstas inicialmente para 5 de maio, as avaliações serão em 228 cidades do Brasil.

A nova data do chamado “Enem dos Concursos” foi divulgada nesta quinta-feira (23), pelo Ministério da Gestão, pasta do governo federal responsável pelas provas.

Mais de 2,1 milhões de pessoas se inscreveram no CNPU. Os candidatos irão concorrer a 6.640 vagas em 21 órgãos do governo federal.

O cartão de confirmação com outros detalhes dos locais de provas será divulgado em 7 de agosto.

Candidatos do RS

O Ministério da Gestão e Inovação (MGI) afirmou que vai garantir acesso aos locais de prova para moradores do Rio Grande do Sul inscritos no concurso. Em nota, o MGI afirma que haverá um “diálogo especial” para que o acesso ao local de prova dos inscritos no Rio Grande do Sul sejam garantidos.

O órgão federal informou ainda que os candidatos inscritos no CNU terão que acessar os seus cartões de prova novamente para conferir se o local de aplicação da prova foi mantido ou alterado. No caso dos inscritos fora do Rio Grande do Sul, a pasta afirma que vai priorizar que os locais de prova definidos anteriormente sejam mantidos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Inflação pode subir com impacto dos alimentos por conta das enchentes, diz presidente do Banco Central
O Tribunal Superior Eleitoral decidiu aplicar multa de R$ 30 mil reais aos deputados Carla Zambelli e Gustavo Gayer e aos senadores Flávio Bolsonaro e Cleitinho por associarem Lula ao satanismo
https://www.osul.com.br/ministerio-do-planejamento-adia-2a-fase-de-concurso-para-analista-do-orgao-devido-a-desastre-no-rs/ Ministério do Planejamento adia 2ª fase de concurso para analista do órgão devido a desastre no RS 2024-05-24
Deixe seu comentário
Pode te interessar