Sábado, 04 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Fair

CAD1 O Inter venceu o Grêmio nos pênaltis e é Campeão Gaúcho de futebol feminino

Clube chegou ao título regional já em seu primeiro ano de retomada da modalidade. (Foto: Divulgação/Internacional)

Logo em seu primeiro ano de retomada do departamento de futebol feminino, o Inter conquistou o Campeonato Gaúcho da modalidade, ao vencer o Grêmio nos pênaltis, na tarde desse sábado, diante de 5 mil torcedores no estádio Beira-Rio.

No tempo normal, a partida terminou com vitória colorada por 3 a 1, revertendo assim o escore desfavorável da primeira partida, quando as gurias tricolores haviam imposto uma derrota por 2 a 0 (a competição não prevê saldo qualificado). Os gols das donas da casa foram marcados por Gabriela Luizelli, Mylena e Leticia Sanchez, mas foram as visitantes que abriram o placar, com Karina.

A decisão acabou, então, encaminhando-se para a série de cobranças de penalidades. A goleira Fernanda Delazere, do Saci, brilhou ao defender três cobranças tricolores, além de ver o último chute das adversárias ser desperdiçado para a linha-de-meta.

Primeiro tempo

O duelo teve grande intensidade desde o início do primeiro tempo. O Inter precisava vencer no tempo normal por um placar de pelo menos 3 a 1 para levar a decisão para os pênaltis, já que havia sido derrotado por 2 a 0 no Grenal de ida, no centro de treinamentos tricolor de Eldorado do Sul.

Logo nos primeiros minutos de jogo, a atacante colorada Paloma Merlo foi derrubada na área, mas a arbitragem não marcou o pênalti, para reclamação. O Grêmio abriu o placar em um gol de Karina, concluindo dentro da área.
Apesar do placar adverso, o Inter conseguiu manter o domínio do jogo e conseguiu inverter o escore antes do final do primeiro tempo do Grenal das gurias. E essa reação teve a participação direta de Byanca Alves, em dois lances.

Na primeira jogada, ela cobrou escanteio para Gabriela Luizelli completar, de primeira. Já no segundo, Byanca fez um jogada no estilo do antigo ponta Valdomiro, ídolo do clube na década de 1970: ela foi à linha de fundo e cruzou com perfeição para Mylena cabecear para o fundo da rede gremista.

Segundo tempo

Na etapa final, diante do forte calor em Porto Alegre, o Inter seguiu em busca do terceiro gol, enquanto o Grêmio novamente se posicionava na defesa, à espera de oportunidades para um contra-ataque. Aos poucos, os mais de 30ºC foram deixando a partida mais lenta e com poucas chances de gol.

Mesmo assim, Leticia Sanchez conseguiu ampliar o placar no finalzinho, de cabeça, escorando a bola lançada na área por uma cobrança de falta. Já nos acréscimos, diante da iminência de uma decisão por pênaltis, a goleira colorada Fernanda Delazere entrou em campo no lugar da titular Lua, como uma aposta da técnica Tatiele Silveira em uma das especialidades da atleta: as defesas de pênaltis.

Dito e feito: na série de cobranças, a arqueira alvi-rubra confirmou as expectativas nela depositadas, ao defender os chutes das tricolores Karina, Luana e Stefanie Cabral, enquanto Carla Antônia cobrou para fora. Pelo lado do Inter, Rosana e Thais Marques foram certeiras.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de CAD1

Um pedido de propina consta em ata do Conselho de Administração dos Correios
O celular “gigante” tomou o lugar dos tablets e dos smartphones
Deixe seu comentário
Pode te interessar