Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fog

Rio Grande do Sul Operação do Ministério Público e da Polícia Civil investiga irregularidades nas eleições na Região Central do RS

Compartilhe esta notícia:

Segundo informações obtidas pelas autoridades, os investigados fraudaram licitações no município de Agudo com fins eleitorais

Foto: MP/Divulgação
Segundo informações obtidas, os investigados fraudaram licitações no município de Agudo com fins eleitorais. (Foto: MP/Divulgação)

O MP (Ministério Público) do Rio Grande do Sul e a Polícia Civil deflagraram, na manhã desta quinta-feira (26), a Operação Patrulha do Ouro, cumprindo seis mandados de busca e apreensão expedidos pela 119ª Zona Eleitoral do Rio Grande do Sul em residências e empresas no município de Agudo, na Região Central do Estado.

A investigação apura possíveis irregularidades cíveis e criminais ocorridas no ano de 2020, entre elas, fraude de licitação, captação ilícita de sufrágio, abuso de poder econômico, corrupção eleitoral e associação criminosa.

Segundo informações obtidas pelas autoridades, os investigados fraudaram licitações no município com fins eleitorais. Após a análise do material apreendido na operação – aparelhos celulares, documentos e anotações –, o Ministério Público verificará a necessidade de novas diligências ou tomará as medidas judiciais cabíveis, caso os elementos colhidos sejam suficientes para a análise conclusiva dos fatos.

A operação foi coordenada pela Delegacia de Polícia de Agudo, em conjunto com uma força-tarefa do Ministério Público e apoio da Delegacia de Polícia Regional de Santa Maria.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Operação Monte Cristo é deflagrada em Porto Alegre para combater lavagem de dinheiro
Nas eleições da pandemia, cai o número de médicos eleitos em 2020 no Brasil
Deixe seu comentário
Pode te interessar