Quinta-feira, 28 de Janeiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Cloudy

Brasil Para evitar o contágio pelo coronavírus, mãe recebe os filhos fantasiada de dinossauro no aeroporto de Campo Grande

Compartilhe esta notícia:

As crianças haviam viajado a Curitiba para visitar o pai

Foto: Divulgação
As crianças haviam viajado a Curitiba para visitar o pai. (Foto: Divulgação)

Com o objetivo de proteger os filhos do coronavírus, uma advogada se fantasiou de dinossauro para recebê-los no aeroporto internacional de Campo Grande (MS). A cena inusitada, ocorrida no último sábado (02), chamou a atenção das pessoas que estavam no local.

Laisa Salomone de Oliveira estava sem ver os filhos há 16 dias. Benjamin, 4 nos, e Lucas, 7 anos, haviam ido visitar o pai, que mora em Curitiba (PR). As crianças não viam a família paterna desde que a pandemia começou, no início de março de 2020.

A fantasia surgiu como um protótipo de segurança. A ideia veio em uma conversa rápida entre Laisa e uma amiga, dona da roupa. Ao invés de vestir uma capa ou roupa descartável, a advogada resolveu descontrair a recepção dos filhos com a fantasia inusitada.

Laisa se trocou dentro do banheiro do aeroporto. “Chegamos de máscara e tomamos todos os cuidados necessários. Foi muito engraçado, entrei no banheiro de uma forma e saí vestida de dinossauro”, explicou.

De acordo com a advogada, diante de um período em que muitos se entristeceram com a perda de pessoas próximas, ela procurou receber os filhos de uma forma afetuosa e descontraída.

“Queria abraçar meus filhos de imediato. Sempre faço essas coisas. Estava morrendo de saudades, foi a primeira vez que os meus filhos viajaram sem a mãe”, declarou. A advogada disse que muitas pessoas riram da situação e que os filhos se assustaram de início.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Governo do Paraná prorroga toque de recolher para tentar conter o coronavírus
Campanha do Detran-RS estimula a empatia e alerta sobre comportamentos de risco no trânsito
Deixe seu comentário
Pode te interessar